PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos: "Fui totalmente contra a saída dele", diz Diniz sobre Luan Peres

Gabriela Brino

Colaboração para UOL Esporte, em Santos

03/07/2021 22h22

O técnico Fernando Diniz não foi favorável a negociação do Santos por Luan Peres com o Olympique de Marseille (FRA). Na derrota por 2 a 0 para o América-MG, em Belo Horizonte, pelo Campeonato Brasileiro, o treinador já não contou com o zagueiro.

Para Diniz, Luan era peça fundamental no Peixe. Ele citou o entrosamento que conseguiu na defesa com a ajuda do jogador e voltou a citar sua prioridade em não perder os atuais jogadores do elenco. "Fui totalmente contra, absolutamente contra a saída dele. A gente tem um time que no primeiro semestre lutou ate a última rodada pelo rebaixamento do Paulistão. Era uma coisa clara que a gente precisava reforçar um pouco o time e não perder jogadores, ainda mais um jogador do tamanho que o Luan Peres tem no Santos hoje".

"[Luan Peres] Tem carisma da torcida, joga bem todos os jogos, tinha uma sintonia fina comigo. Não é que eu não penso no clube. Penso no clube a minha vida inteira, nunca fui um treinador que chego e quero fazer o clube para mim e fico pedindo um monte de contratação milionária. Quase sempre o contrário disso. No caso do Luan Peres, fui totalmente contra, absolutamente contra, o tempo todo contra e sou contra até agora", disse.

O Peixe tem conversas bem encaminhadas com os franceses e deve anunciar a venda de Luan Peres nos próximos dias. O Olympique de Merseille procurou o jogador a pedido do técnico Jorge Sampaoli, que teve passagem pelo Alvinegro praiano em 2019. O argentino é conhecido por sua insistência por reforços e deve bater o pé pela compra de Luan.

O camisa 14 tem contrato com o Santos até fevereiro de 2025. Ele foi comprado no final de janeiro, quando o Peixe passou à final da Copa Libertadores da América, por cerca de R$ 16 milhões de forma parcelada ao Brugge (BEL).

Santos