PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Luizão fala de mágoa com Luxa e faz provocação a Gabigol: 'Eu sou o cara'

Luxemburgo e Luizão nos tempos em que os dois estavam no Corinthians, em 2001 - Fernando Santos/Folhapress
Luxemburgo e Luizão nos tempos em que os dois estavam no Corinthians, em 2001 Imagem: Fernando Santos/Folhapress

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/06/2021 01h51

Nessa terça-feira (29), o ex-centroavante Luizão abriu o coração em relação a mágoas passadas que tem com Vanderlei Luxemburgo. No programa 'Arena SBT', o ex-jogador falou sobre o relacionamento com o técnico.

"Só fico magoado porque abri mão de um monte de contrato, porque ele falou que o Santos não tinha dinheiro. Foi numa palestra; o presidente falou que não tinha dinheiro. Ele não foi verdadeiro, me fez abrir mão de um monte de contrato. Como é que você não vai ficar magoado? Falo na cara dele, não tem como não ficar, mas somos amigos", pondera o ex-jogador.

Luizão se refere a 2005, ano em que teve passagem apagada pelo Santos. Ele chegou a atuar alguns jogos com o então treinador Nelsinho Baptista, depois assinou rescisão quando Luxa assumiu a equipe. O Santos teria uma dívida com o atacante, que diz ter aberto mão dos valores porque lhe disseram que o clube não tinha dinheiro. "Depois o Luxemburgo deu entrevista, falou que agora tinha dinheiro para contratar... Se eu soubesse, não tinha aberto mão", contou ao UOL Esporte no ano passado.

No SBT, Luizão também foi perguntado sobre "quem seria o cara" entre ele e Gabigol, atacante do Flamengo e da seleção brasileira. O ex-jogador provocou, referindo-se à Copa Libertadores.

"Dentro da área eu sou o cara. Ele está com 17 gols [na Libertadores, pelo Flamengo], mas com quantos jogos? Ele vai me passar se ficar no Brasil, mas quero ver fazer 15 em uma só edição", disse Luizão.

Ele marcou 15 gols na Libertadores de 2000, quando atuava pelo Corinthians, e de lá para cá ninguém chegou nem perto de bater a marca. Luizão é o maior artilheiro brasileiro da história do torneio, com total de 29 gols. Gabigol tem 18, sendo um deles pelo Santos e os demais pelo Flamengo.

Futebol