PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

PVC e Petkovic elegem Cristiano Ronaldo melhor europeu da história

Cristiano Ronaldo comemora gol de Portugal contra a França na Eurocopa - UEFA via Getty Images
Cristiano Ronaldo comemora gol de Portugal contra a França na Eurocopa Imagem: UEFA via Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

25/06/2021 14h09

Classificação e Jogos

A boa performance de Cristiano Ronaldo na Eurocopa levantou debate na edição de hoje (25) do Redação SporTV. PVC, Petkovic e Maurício Noriega opinaram se o português se tornou o maior europeu da história após as últimas atuações no torneio continental.

"Eu sou Messi contra Cristiano Ronaldo, mas o Messi nasceu na Argentina. O Messi é mais artista, mas o Cristiano não é só um robozão. Fiz muitos jogos dele no começo de carreira, no Manchester United, e você não sabia o que ele ia fazer com a bola. Não é só um grande goleador. O Cruyff foi a maior cabeça da história do futebol, tanto como jogador e como técnico, o Zidane pode ter sido mais elegante, mas ninguém foi tão brilhante por tanto tempo quanto o Cristiano Ronaldo", disse PVC, que defendeu que o português se tornou o maior europeu da história após a 1ª fase da Eurocopa.

"O Felipão foi o primeiro cara a falar que o Cristiano Ronaldo ia ser o melhor do mundo, isso em 2003, não pela capacidade de treino, mas pela habilidade. A televisão como é hoje deveria matar a imortalidade, porque mostra tudo, todos os jogos, mas isso não aconteceu com Messi e Cristiano Ronaldo. A gente assiste há 15 anos, toda quarta e domingo, e a impressão, vendo todos os jogos, é que eles jogam bem sempre", completou o comentarista.

"Acho que o PVC está enganado, porque mesmo antes da Eurocopa ele já era o melhor. Essa confirmação é só um carimbo. Realmente é um atleta de século, completo em todos os sentidos, de qualidade, performance, condição física e profissionalismo", analisou Petkovic.

"É um jogador totalmente completo, o cardápio de gols dele é tão diferente, pode procurar e vai achar todos os tipos, é uma cozinha internacional. Sempre tiveram jogadores europeus fantásticos, Cruyff, Platini, Zidane, eram fantásticos em suas características de jogo, mas o Cristiano Ronaldo se adapta, joga em várias posições. Bate pênalti, faz gol de cabeça, direita, esquerda e letra. É um exemplo de como se concentrar e chegar no ápice. Para você ser número um e entrar nesse grupo seleto precisa se dedicar muito, investir em si mesmo", completou o comentarista e ex-jogador.

Maurício Noriega foi mais ponderado na discussão, elogiou Cristiano Ronaldo, mas não isolou o português como maior europeu da história.

"Para mim na história do futebol só tem um jogador que está acima de todos, o Pelé. Na Europa eu coloco o Cristiano Ronaldo no mesmo nível de outros dois caras que acho tão importantes quanto, o Cruyff e o Zidane", disse.

"O Cristiano Ronaldo tem a questão da modernidade, ele vai ficar para a história como exemplo de talento e capacidade atlética, ele é um dos maiores atletas da história ao lado do Pelé. Mudei muito a minha opinião sobre ele a partir da Eurocopa de 2012", completou o comentarista.

Cristiano Ronaldo marcou cinco gols nos primeiros três jogos da Eurocopa e se tornou o maior artilheiro da história da competição. Portugal agora enfrenta a Bélgica, neste domingo (27), pelas oitavas de final do torneio.

UOL Esporte vê TV