PUBLICIDADE
Topo

Eurocopa - 2021

Após polêmica em estádio, Uefa 'veste' cores do arco-íris e se defende

Símbolo da Uefa foi pintado com as cores do arco-íris - Divulgação/Uefa
Símbolo da Uefa foi pintado com as cores do arco-íris Imagem: Divulgação/Uefa

Do UOL, em São Paulo*

23/06/2021 09h19

Classificação e Jogos

A Uefa divulgou uma imagem do logo da entidade pintado com as cores do arco-íris, símbolo da comunidade LGBTQIA+, e se defendeu após ter rejeitado a ideia de iluminar a Allianz Arena, em Munique, na Alemanha, com as mesmas cores para a partida Alemanha x Hungria, em sinal de protesto contra uma lei aprovada na Hungria. Alemães e húngaros se enfrentam, hoje, pela Eurocopa.

"Hoje, a Uefa orgulha-se de vestir as cores do arco-íris. É um símbolo que incorpora os nossos valores fundamentais, promovendo tudo em que acreditamos - uma sociedade mais justa e igualitária, tolerante com todos, independentemente da sua origem, crença ou sexo", disse a entidade, em nota.

"Algumas pessoas interpretaram a decisão da Uefa de recusar o pedido da cidade de Munique para iluminar o estádio com as cores do arco-íris para um jogo da Eurocopa como 'política'. Pelo contrário, o pedido em si era político, ligado à presença da seleção húngara de futebol no estádio para o jogo com a Alemanha", acrescentou.

Ontem, a Uefa alegou que é uma "organização politicamente e religiosamente neutra" para rejeitar o pedido do estádio alemão e propôs outras datas para a Allianz Arena ser iluminada com as cores do arco-íris.

Na semana passada, o governo húngaro de Viktor Orbán aprovou uma lei que proíbe menores de 18 anos de terem acesso a qualquer material que possa fazer referências à homossexualidade nas escolas.

*Com informações da AFP