PUBLICIDADE
Topo

Eurocopa - 2021

Eurocopa: Wijnaldum levará mensagem pró LGBTQIA+ nas oitavas de final

Wijnaldum comemora gol da Holanda contra a Ucrânia - REUTERS/Peter Dejong
Wijnaldum comemora gol da Holanda contra a Ucrânia Imagem: REUTERS/Peter Dejong

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/06/2021 20h35

Classificação e Jogos

O capitão da Holanda, Georginio Wijnaldum entrará em campo no próximo domingo (23) contra a República Tcheca pelas oitavas de final da Eurocopa com uma mensagem pró LGBTQIA+ nos braços. O mais novo reforço do PSG usará uma pulseira com a mensagem 'One Love', que quer dizer 'Um amor'.

"Ao utilizar esta pulseira, nós, como 'Oranje', queremos enfatizar que defendemos a inclusão e a conexão e que somos contra qualquer forma de exclusão e discriminação. Desta forma, esperamos apoiar todas as pessoas que se sintam discriminadas em qualquer lugar no mundo", disse Wijnaldum.

A novidade foi confirmada pela Federação Holandesa de Futebol. A decisão foi tomada logo após a Uefa negar que a Allianz Arena fosse pintada nas cores do arco-íris na partida entre Alemanha e Hungria.

No jogo em questão, além do protesto por parte de Neuer, que usou a faixa de capitão colorida, os torcedores usaram bandeiras com o arco-íris e um deles acabou invadindo o estádio e protestando durante a execução do hino húngaro.

O que aconteceu?

A polêmica se deu pelo fato de que a Hungria aceitou recentemente uma norma no parlamento em que se proíbe falar sobre homossexualidade nas escolas.

Em homenagem ao mês do orgulho LGBTQIA+, a Alemanha solicitou que as cores da Allianz Arena representassem um arco-íris. Porém, a Uefa negou o pedido, alegando que isso representaria um ato político.

Diante de tanta repercussão, a entidade responsável pelo futebol na Europa mudou o seu logo com um fundo colorido e emitiu uma nota. Na mesma, era afirmado que o pedido da mudança de cores do estádio não foi aprovada por ser uma crítica direta à Hungria.

?? A UEFA não permitiu que a Allianz Arena fosse iluminada com as cores da bandeira LGBTQ+, no jogo entre Alemanha e Hungria.

Os direitos dessa população estão sendo atacados na Hungria.

Assim, um torcedor decidiu ele próprio levar as cores pro estádio:pic.twitter.com/1TpwVAD05x

-- Eixo Político (@eixopolitico) June 23, 2021