PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Venezuelanos que estavam isolados em Brasília são reintegrados à seleção

Jogadores da Venezuela reclamam com árbitro durante duelo com o Brasil, na abertura da Copa América 2021 - Adalberto Marques/DiaEsportivo/Estadão Conteúdo
Jogadores da Venezuela reclamam com árbitro durante duelo com o Brasil, na abertura da Copa América 2021 Imagem: Adalberto Marques/DiaEsportivo/Estadão Conteúdo

Marinho Saldanha

Do UOL, em Brasília (DF)

22/06/2021 19h55

Classificação e Jogos

Os 12 venezuelanos que testaram positivo para covid-19 no início da Copa América e estavam cumprindo quarentena em um hotel em Brasília estão reintegrados à delegação. Hoje (22), após resultados de novos exames, eles se somaram aos comandados de Jose Peseiro.

O grupo era formado por atletas e outros membros da delegação que tinham permanecido na capital federal, cumprindo isolamento no hotel Brasília Palace — em uma ala isolada.

O local isolado e tranquilo deu aos profissionais a privacidade necessária para cumprir seu protocolo. O prédio do estabelecimento que serve de concentração aos venezuelanos foi o primeiro projeto do Oscar Niemeyer na capital federal e utilizado pela seleção brasileira em 2014.

A seleção venezuelana perdeu para o Brasil na estreia no torneio, em Brasília, e empatou com Colômbia, em Goiânia, e Equador, no Rio de Janeiro, voltou para Brasília para seguir preparação para o jogo que encerra sua participação na fase de grupos, domingo, contra o Peru. A opção por Brasília se deu em razão da logística.

A Venezuela soma dois pontos no grupo B da Copa América, está em penúltimo, e dependerá da rodada final para tentar classificação.

Funcionários testam negativo

O hotel ainda realizou uma bateria de testes com os funcionários para garantir que não houve infecção. Todos os profissionais que trabalham no local testaram negativo para covid-19.

Além disso, os membros da delegação venezuelana que chegaram ontem (21) a Brasília também passaram por novos exames, cujos resultados serão conhecidos amanhã (23).

Futebol