PUBLICIDADE
Topo

Eurocopa - 2021

Áustria bate a Ucrânia e, pela 1ª vez na história, está nas oitavas da Euro

Baumgartner comemora ao lado de Alaba o gol da Áustria sobre a Ucrânia na Eurocopa - Daniel MIHAILESCU / POOL / AFP
Baumgartner comemora ao lado de Alaba o gol da Áustria sobre a Ucrânia na Eurocopa Imagem: Daniel MIHAILESCU / POOL / AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/06/2021 14h52

Classificação e Jogos

Na tarde de hoje, a Áustria venceu a Ucrânia por 1 a 0, pela terceira rodada do grupo C da Eurocopa, em Bucareste. O gol da partida foi marcado por Baumgartner.

Com esse resultado, a Áustria chegou aos seis pontos, assumiu a segunda posição do grupo e se classificou para as oitavas de final da competição pela primeira vez em sua história. A seleção austríaca vai enfrentar a Itália no próximo sábado, 26, às 16h (de Brasília), em Wembley.

Já a Ucrânia permaneceu com seus três pontos e aguarda as partidas dos outros grupos para saber se consegue chegar à próxima fase da Eurocopa - os quatro melhores terceiros colocados também se classificam.

No outro jogo do Grupo C, a Holanda venceu a Macedônia do Norte por 3 a 0, com gols de Depay e Wijnaldum (dois), e garantiu os 100% nessa primeira fase da Euro.

O jogo

Domínio austríaco

A seleção começou a partida com mais intensidade e atuando mais em seu campo de ataque. Aos 20 minutos, Alaba cobrou escanteio e Baumgartner esticou a perna para completar de primeira e abrir o placar.

Até os 30 da primeira etapa, a Áustria havia finalizado seis vezes, contra apenas duas da Ucrânia. Após o gol, a equipe de Shevchenko até ensaiou uma reação, mas durou pouco.

O primeiro tempo foi dominado pela seleção austríaca.

Choque de cabeça

Após escanteio para a área austríaca, Baumgartner e Zabarnyi se chocaram de cabeça, e o jogo é paralisado para atendimento aos jogadores.

Alguns minutos depois, o camisa 19 pediu novamente para ser atendido no gramado. Após isso, o jogador até tentou voltar ao jogo, mas solicitou um novo atendimento e deixou o campo para ser substituído. O meia Schöpf entrou no seu lugar.

Assim não, Arnautovic!

O jogador, que está voltando hoje para a equipe da Áustria após ficar suspenso por uma partida por conta de um gesto racista, perdeu chances claras de ampliar o placar.

A mais clara delas foi no final da primeira etapa, aos 41. Schöpf avançou em contra-ataque e cruzou na medida para Arnautovic, livre, mas o camisa 7 chutou muito mal e a bola foi longe do gol ucraniano.


Tentativa de reação

Na segunda etapa, a seleção da Ucrânia tentou pressionar mais e ficar mais com a posse de bola. Apesar disso, a equipe de Shevchenko não conseguiu converter isso em finalização no gol de Bachmann.

Aos 22 minutos, o brasileiro naturalizado ucraniano, Marlos, entrou no jogo no lugar de Shaparenko. Foi uma tentativa de dar mais agilidade ao meio de campo. Mas a equipe continuou sem progredir.

A seleção ucraniana não conseguiu impor seu ritmo de jogo na partida de hoje. Isso fica claro no número de finalizações: 4 da Ucrânia e 17 da Áustria.