PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Fluminense: Sem futuro definido, Ganso joga apenas 78 minutos em 11 jogos

Paulo Henrique Ganso está sem espaço no Fluminense e vê Santos empacado em negociação por saída - Lucas Merçon
Paulo Henrique Ganso está sem espaço no Fluminense e vê Santos empacado em negociação por saída Imagem: Lucas Merçon

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/06/2021 04h00

Paulo Henrique Ganso parece cada vez mais sem espaço no Fluminense. O jogador está na mira do Santos e já disse nos bastidores que ficaria feliz de voltar ao clube que o projetou para o futebol. O problema é que seu retorno não é unanimidade no Alvinegro praiano e as conversas estão congeladas.

Mais que isso. O Santos se reforçou com Camacho o que pode ser um indicativo de que a volta de Ganso à Vila Belmiro fique apenas nas conversas. Enquanto não define seu futuro, o jogador segue sua rotina de ser relacionado, mas pouco utilizado pelo técnico Roger Machado.

Para se ter uma ideia, Ganso entrou em apenas três das últimas 11 partidas do Fluminense e soma um total de 78 minutos em campo nesse período. Vale ressaltar que ele já vinha sendo pouco utilizado antes mesmo de as notícias darem conta do interesse do Santos em seu retorno.

Por outro lado, há um claro sinal de perda de prestígio com o treinador. Até a semifinal do Carioca, contra a Portuguesa, Ganso havia jogado oito dos 12 jogos do Fluminense, sendo titular em cinco deles. Verdade seja dita, ele foi o comandante quando o Tricolor poupou alguns de seus principais jogadores no início da temporada. Com o grupo completo, o apoiador se viu cada vez mais sem espaço.

Presidente explica situação com Santos

Presidente do Fluminense, Mário Bittencourt explicou na semana passada todo o imbróglio envolvendo Tricolor carioca, Santos e Ganso. Segundo o dirigente, o clube alvinegro o procurou e chegou a um acerto, mas depois desapareceu do mapa. Segundo apuração do UOL Esporte, uma rejeição por parte da torcida impediu a conclusão por parte dos santistas.

"A gente teve uma primeira conversa há uns 15, 20 dias. Na verdade, o Santos procurou o empresário dele, e o empresário entrou em contato conosco. As condições chegaram a ficar pré-acertadas, mas não fomos mais procurados. Isso é um triângulo: tem a vontade do jogador, a vontade dos clubes. Na ocasião, o jogador mostrou interesse em ouvir a proposta, é um lugar onde ele já jogou. Mas nós gostamos muito do futebol dele, e ele está sendo útil, tem nos ajudado", disse ao globoesporte.com.

O fato é que Ganso ainda não rendeu o que dele se esperava com a camisa do Fluminense. Além disso, o espaço do jogador no elenco parece reduzir a cada dia. O apoiador tem contrato até o fim de 2023 com o Tricolor, que toparia dividir o salário para fechar o empréstimo.

Fluminense