PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Athletico vence Atlético-GO de virada e assume liderança do Brasileirão

Colaboração para o UOL

20/06/2021 20h08

Classificação e Jogos

Em duelo bastante movimentado, o Athletico-PR venceu o Atlético-GO, por 2 a 1, de virada, na noite de hoje (20), jogando em casa, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Com gols de Matheus Babi e Christian, o Furacão chegou à liderança do Campeonato Brasileiro, com 12 pontos conquistados, agora com um ponto a mais que Fortaleza e Red Bull Bragantino.

Detalhe: a campanha do Furacão mostra 100% de aproveitamento em quatro rodadas, enquanto Fortaleza e Red Bull já disputaram cinco partidas. Nesse ótimo início de competição, a equipe curitibana tem com sete gols marcados e só um sofrido —o gol marcado hoje por Baralhas, pelo Atlético-GO, que está na oitava colocação, com sete pontos somados.

Na próxima rodada, o Athletico viaja para enfrentar o Bahia, no Pituaçu, na quinta-feira, às 21h30 (de Brasília). Já o Atlético-GO recebe o Fluminense, dentro de casa, na quarta-feira, às 19h.

Ducha de água fria

O Furacão começou o jogo melhor, com presença mais forte no campo de ataque. Porém, em uma falha absurda da defesa, o Atlético-GO conseguiu abrir o placar. Aos 12 minutos, Thiago Heleno tentou passe simples para o volante Richard, mas Baralhas se antecipou e roubou a redonda. Ele ainda esticou a bola antes de conseguir mandar para o fundo das redes, de perna esquerda. O tento sofrido foi o primeiro do Athletico no Campeonato Brasileiro 2021.

Atlético-GO faz marcação forte no ataque

Chamou atenção, no entanto, a boa efetividade do Dragão na marcação na saída de bola. Na maior parte do tempo, o Athletico tentou sair jogando, mas sofreu com uma boa marcação feita pelos visitantes.

Athletico consegue escapar

Se o Furacão tinha problemas pelo meio, com grandes dificuldades para sair jogando, ao menos dava boa resposta pelas pontas. A equipe visitante se fechava sem a bola e o Athletico tentava aproveitar de alguma maneira, e sempre pelos lados era a melhor alternativa.

Furacão empata

Foi justamente pela ponta que o Athletico conseguiu seu gol de empate. Em ótimo cruzamento de Marcinho, aos 42 da etapa inicial, Matheus Babi aparece na área, cabeceia forte e manda para o fundo das redes, sem chances para Fernando Miguel. Curiosamente, se o Athletico sofreu o primeiro gol no Brasileirão nesta noite, o Atlético-GO também passou pelo mesmo problema ao ser batido por Matheus Babi.

Jogo retorna movimentado

Na volta do intervalo, o Furacão voltou com muita vontade. Logo aos 3, por exemplo, Terans recebeu a bola livre e quase abriu o placar, mas mandou a bola na trave.

Inacreditável

Minutos depois foi a vez de o Dragão mandar a redonda no poste. A jogada, porém, foi incrível. Em lançamento longo, Natanael recebeu na frente, Santos tentou tirar abola, mas o atacante recuperou. Sem goleiro, sem qualquer problema, o camisa 11 mandou na trave.

Dragão cresce

O Atlético-GO passou a ser melhor em campo após os 10 minutos do segundo tempo. O Athletico tinha dificuldades em campo, tanto para sair jogando quanto para segurar a redonda no campo ofensivo. Já o Dragão trocava passes e assustava. Em mais uma saída ruim dos donos da casa, a bola foi roubada no ataque. Zé Roberto recebeu em ótimas condições, na grande área. Ele chutou forte, mas a bola ficou na trave mais uma vez. Foram três grandes chances em cinco minutos.

Dupla técnica em condições diferentes fora

Enquanto Paulo Autuori, diretor técnico do Furacão, estava agitado na beira do campo, gritando e sendo participativo, o técnico Antônio Oliveira observava mais e era mais cauteloso. Eles, porém, viram juntos uma única situação: o Athletico não vivia segundo tempo inspirado.

Na superação

No momento que estava pior em campo, com grandes dificuldades, o Athletico conseguiu a virada. Aos 26, em cruzamento de Abner pela esquerda, Christian marcou de cabeça para o Furacão, 2 a 1.

Dragão se manda para o ataque

O Atlético-GO, com o resultado contrário, se mandou para o ataque. Eduardo Barroca colocou um time mais ofensivo com as substituições e se mandou. A expectativa era, pelo menos, o empate, mas não conseguiu.

Ficha técnica

ATHLETICO 2 x 1 ATLÉTICO-GO
Data
: 20/06/2021
Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR);
Hora: 18h15 (de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG); Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG).
VAR: Daniel Nobre Bins (RS).

Cartões amarelos: João Paulo (Atlético-GO); Terans, Matheus Babi (Athletico)

Gols: Baralhas (Atlético-GO); Matheus Babi, Christian (Athletico)

Athletico: Santos, Pedro Henrique, Thiago Heleno, Jose Ivaldo, Marcinho, Richard, Christian, Abner, David Terans (Jadson), Vitinho (Carlos Eduardo), Matheus Babi (Renato Kayzer). Técnico: Antônio Oliveira.

Atlético-GO: Fernando Miguel, Dudu, Nathan, Oliveira, Igor Cariús (Arthur Gomes), Gabriel Baralhas (Lucão), Marlon Freitas, Janderson (André Luís), João Paulo, Natanael, Zé Roberto. Técnico: Eduardo Barroca.

Futebol