PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Lanterna no Brasileiro indica nova realidade após fase empolgante do Grêmio

Jogadores do Grêmio comemoram tetracampeonato gaúcho depois de Gre-Nal - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Jogadores do Grêmio comemoram tetracampeonato gaúcho depois de Gre-Nal Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Colaboração para o UOL

18/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

Tiago Nunes chegou ao Grêmio embalando uma série de oito vitórias seguidas, igualando o recorde de Renato Portaluppi e empolgando a torcida. No entanto, desde a partida que garantiu o título gaúcho - o empate diante do rival Internacional - o comandante já soma sete confrontos, com apenas um triunfo.

Analisando os números, apesar do bom início do treinador, a campanha contra equipes da elite nacional é fraca e expõe uma necessidade de evolução para evitar um sofrimento maior no Brasileirão.

Os números do clube no torneio são ainda piores, afinal são três derrotas (para Ceará, Athletico e Sport) em três partidas, que deixam o Tricolor na lanterna da competição.

Da sequência de sete jogos, o único triunfo foi pela terceira fase da Copa do Brasil, contra o Brasilense, em Porto Alegre. Na volta, fora de casa, o Imortal apenas empatou com o clube da capital federal. Para completar a lista, um 0 a 0 contra o La Equidad-COL, pela última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana.

Ou seja, contra equipes que estão na Série A do Brasileiro, o Grêmio venceu apenas o Inter desde a chegada de Tiago Nunes — anteriormente, na atual temporada, perdeu para o Juventude, com o auxiliar Alexandre Mendes, e ganhou do Colorado, ainda com Renato Gaúcho no comando, pela primeira fase do Campeonato Gaúcho.

Apesar do momento ruim, Tiago Nunes pregou a tranquilidade na coletiva após o revés por 1 a 0 para o Sport, na noite de ontem (17).

"É uma questão estatística e acabamos sempre direcionando para o viés que vai de acordo com o raciocínio que queremos. Sou cuidadoso nesse momento. Entre esses jogos que não vencemos [foi derrotado nas três partidas que realizou no Brasileirão], tivemos a conquista do título gaúcho, o empate contra o Brasiliense na Copa do Brasil. Não foram vitórias, mas resultados importantes e nos trouxeram classificações. É o momento de ter tranquilidade. Sabemos que não vivemos um bom momento, oscilamos bastante. Mas há de se ter cuidado. O grupo tem qualidade e estamos focados em melhorar rapidamente. Evoluir tecnicamente e taticamente, também recuperar melhor fisicamente", contou.

Como o jogo da quinta rodada contra o Cuiabá foi adiado, a próxima partida do Tricolor será somente na quinta-feira (24), às 21h30, contra o Santos, na Arena do Grêmio, pela sexta rodada do Brasileirão.

Grêmio