PUBLICIDADE
Topo

Eurocopa - 2021

Ucrânia bate a Macedônia e segue na briga por vaga nas oitavas da Eurocopa

Jogadores da Ucrânia comemoram gol sobre a Macedônia do Norte na Eurocopa - EFE/EPA/Robert Ghement / POOL
Jogadores da Ucrânia comemoram gol sobre a Macedônia do Norte na Eurocopa Imagem: EFE/EPA/Robert Ghement / POOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/06/2021 11h51

Classificação e Jogos

Na manhã de hoje, a Ucrânia venceu a Macedônia do Norte por 2 a 1, pela segunda rodada do grupo C da Eurocopa. Os gols da partida foram marcados por Yarmolenko, Yaremchuk, para a Ucrânia, e Alioski, para a Macedônia.

Com esse resultado, a seleção ucraniana chegou aos três pontos e segue viva na briga por uma vaga nas oitavas de final. Já a Macedônia fica numa situação muito difícil e com grande possibilidade de eliminação.

Na primeira rodada, as duas equipes foram derrotadas. A Macedônia perdeu por 3 a 1 para a Áustria, enquanto a Ucrânia foi derrotada pela Holanda, por 3 a 2. Com isso, a Macedônia do Norte segue sendo a única seleção do grupo a não pontuar.

A seleção ucraniana fecha sua participação na fase de grupos na próxima segunda-feira, 21, contra a Áustria. No mesmo dia e mesmo horário - 13h (de Brasília) - a Macedônia enfrenta a Holanda.

O jogo

A equipe de Shevchenko começou a partida melhor em campo e pressionando bastante a Macedônia. Nos dez primeiros minutos, a seleção ucraniana havia finalizado três vezes, enquanto a Macedônia deu seu primeiro chute a gol apenas aos 15.

Mostrando sua superioridade, aos 18, a Ucrânia abriu o placar em Bucareste. Após cobrança de escanteio da esquerda, Karavaev desviou e a bola sobrou limpa para Yarmolenko empurrar para a rede.

Pouco depois, aos 33, a seleção ucraniana ampliou o marcador. Zinchenko tocou para Yarmolenko pela direita. O camisa 7 lançou Yaremchuk que teve liberdade para chutar no canto direito do goleiro e fazer o segundo gol.

A Macedônia do Norte ensaiou uma reação, aos 38, Pandev recebeu na intermediária, cortou a marcação e deu uma cavadinha encobrindo o goleiro, mas o assistente sinalizou o impedimento.

Na volta para a segunda etapa, a Macedônia do Norte demonstrou mais vontade de jogar. Logo aos nove minutos, Bardhi recebeu e finalizou para defesa de Bushchan, com a bola batendo no travessão. Na continuação do lance o árbitro da partida marcou um pênalti após Karavaev derrubar Pandev. Alioski cobrou a penalidade, o goleiro da Ucrânia fez a defesa, mas no rebote ele chegou para finalizar e diminuir a vantagem ucraniana.

Após cobrança de falta da Ucrânia, aos 36, o árbitro foi chamado pelo VAR para revisar um toque de mão de Avramovski. O juiz argentino se encaminhou ao monitor e, depois de análise, marcou a penalidade. Malinovskyi cobrou o pênalti no canto direito do goleiro macedônio, que fez boa defesa e impediu o terceiro gol ucraniano.