PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Cuca valoriza vitória contra o São Paulo: 'duas equipes da parte de cima'

Cuca, treinador do Galo, chega ao segundo triunfo em três jogos no Brasileirão 2021 - Marcel Lisboa/AGIF
Cuca, treinador do Galo, chega ao segundo triunfo em três jogos no Brasileirão 2021 Imagem: Marcel Lisboa/AGIF

Do UOL, em Belo Horizonte

13/06/2021 20h54

Classificação e Jogos

A cada jogo que passa, Cuca ganha mais a confiança do grupo de jogadores e da torcida do Atlético-MG. Se antes os torcedores faziam até campanha pela não contratação do técnico, agora a realidade é outra. Passada toda essa desconfiança, o comandante anota mais uma vitória em sua estatística pessoal na terceira passagem pelo Galo, dessa vez em cima do São Paulo, por 1 a 0, na terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o triunfo em cima do time de Hernán Crespo, Cuca anota a 15ª vitória em 22 jogos desde o seu retorno, somando 74% de aproveitamento, contando quatro empates e três derrotas.

"Foi um grande jogo. Tem diversas maneiras de se avaliar uma partida, às vezes é pelo número de oportunidades que se tem, às vezes pelo controle do jogo, a posse de bola, e outras vezes pela entrega, dedicação, comprometimento que o jogador teve com o jogo. Acho que essa partida foi mais ou menos nesse último contexto", começou sua análise.

"São duas maneiras diferentes de jogar, se você não entender o jogo, você vai ter muitas dificuldades. A gente procurou entender a partida no treinamento de ontem, anteontem, o pouquinho que deu para trabalhar. E hoje no jogo a gente, principalmente no primeiro tempo, tivemos o controle pelo entendimento que a equipe teve do adversários, e por explorar situações que exploramos. Uma dessas resultou no gol", comentou.

O gol do Galo em cima do São Paulo foi marcado aos 16 minutos do primeiro tempo por Jair, após bela trama ofensiva iniciada com uma arrancada de Hulk e passe de Hyoran.

"E até aquele momento tínhamos uma saída de bola muito qualificada, um desgaste no adversário que essa saída de bola origina, e fizemos o gol. Depois que fizemos o gol o adversário mudou, o Miranda saiu machucado, abriram mão do terceiro zagueiro, fizeram a linha de quatro, e você tem que se adaptar a isso novamente. E a equipe e adaptou muito bem, apesar de a gente não ter tido oportunidades, não sofremos riscos também. E em um jogo desse tamanho isso é muito importante. Mais uma partida que você não toma gol e pega corpo. Esse é um jogo de duas equipes que vão lutar na parte de cima, sem dúvida nenhuma, e temos que comemorar muito pelo tipo de vitória que tivemos", finalizou a análise da vitória.

Agora o próximo compromisso do Galo é contra o Internacional, na quarta-feira (16), no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Atlético-MG