PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Crespo reclama de interrupções ao São Paulo e vê Luan próximo de retorno

Colaboração para UOL, em Santos

13/06/2021 19h24

Classificação e Jogos

Após a derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG, hoje (13), no Mineirão, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Hernán Crespo se mostrou incomodado com a quantidade de interrupções da arbitragem ao São Paulo. De acordo com o treinador, ele viu o jogo parar muitas vezes em um momento que o time precisava de agilidade para buscar o resultado.

Ele também elogiou a estratégia do Galo e explicou que viu a vitória do rival acontecer "por detalhes". Após pouco produzir na primeira etapa, o Tricolor, que pouco agrediu, viu o time de Cuca se fechar e caprichar na marcação.

"Não [estou decepcionado], porque o rival jogou. O rival jogou um futebol onde conseguiu o gol, a diferença que bastava. Defendeu muito bem, fechou espaços. Tentou jogar no contra-ataque. Se defenderam com suas ferramentas, que são respeitáveis. Não tentamos com mudanças, em todos os modos. Não sei, estou curioso para saber o tempo que se jogou no segundo tempo, porque tivemos muitas interrupções durante o jogo. Difícil quando o time que precisa jogar ter tantas interrupções. Difícil superar, mas ao mesmo tempo digo que temos que aprender, sabemos que isso acontece. Eu mesmo estou aprendendo com isso, essas pequenas diferenças, podemos jogar com o relógio e nossas próprias ferramentas. Temos uma identidade de querer jogar sempre, não posso pensar que outros times farão igual. Faz parte do jogo", explicou.

Crespo não pôde contar com Daniel Alves, Hernanes, Benitez, Willian e Luan, todos lesionados. E apesar das baixas, ele não achou justo vê-los como "salvadores do São Paulo". Além disso, explicou que o retorno de Luan está próximo de acontecer. Miranda, que sentiu um desconforto na coxa ainda na primeira etapa, pediu substituição e pode se tornar mais um desfalque.

"Precisamos de todos, de absolutamente todos. Seguramente falar de Dani ou Martin, após uma derrota... não acho que seja justo carregá-los como "salvadores do São Paulo". São muito importantes, fazem falta. Mas temos outros jogadores que, lamentavelmente, não pudemos alcançar a vitória. As ausências parecem mais pesadas, mas faz parte do futebol. Esse campeonato é longo, teremos tempo de recuperar os pontos. A ideia é ter resultados que permitam o São Paulo a estar mais perto do topo [da tabela]", disse.

"Todas as lesões preocupam. Temos um elenco que permite mudar, mas como em todo elenco, existem categorias de jogadores que claramente jogam com mais continuidade. Falaremos com o doutor e veremos o que passa com o Luan. Acho que estamos muito perto de poder contar com ele. O Miranda veremos agora nos bastidores", concluiu.

O próximo compromisso do São Paulo é na quarta-feira (16), contra a Chapecoense, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Até o momento o Tricolor não venceu no Brasileirão e acumulou um ponto.

São Paulo