PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Buffon pode voltar ao Parma, clube que o revelou há 26 anos, diz jornal

Buffon, durante final da Copa da Itália entre Juventus e Napoli - Filippo MONTEFORTE / AFP
Buffon, durante final da Copa da Itália entre Juventus e Napoli Imagem: Filippo MONTEFORTE / AFP

Do UOL

em São Paulo

13/06/2021 10h20

Após não ter o contrato renovado com a Juventus, o goleiro Gianluigi Buffon pode retornar ao Parma, equipe na qual iniciou sua carreira há 26 anos.

Segundo publicou o jornal La Gazzetta dello Sport, neste domingo (13), o Parma, que está na segunda divisão do futebol italiano, ofereceu ao jogador de 43 anos a possibilidade de um grande retorno.

Ainda de acordo com a publicação, Silvano Martina, agente de Buffon, o goleiro está considerando todas as possibilidades, "entre elas o Parma". Os dois devem conversar nos próximos dias para definir o futuro do jogador, declarou o empresário.

No sábado (12), o jornalista Fabrizio Romano já havia publicado em suas redes que o jogador está perto de fechar com o clube e que recebeu cinco propostas, incluindo uma do Besiktas, da Turquia.

Buffon também teria recebido uma proposta do Barcelona para ser reserva de Ter Stegen. A proposta do gigante espanhol seria tentadora, mas o goleiro não estaria disposto, apesar dos 43 anos, a abrir mão do protagonismo.

A favor do Parma pesam o lado sentimental, já que o goleiro começou a carreira lá, e a possibilidade de reencontrar o técnico Enzo Maresca, diz o jornal. Os dois trabalharam juntos na Juventus, e o treinador gostaria de confiar ao goleiro o papel de líder do grupo.

O jogador já declarou que Juventus e Parma são os dois únicos clubes italianos em que estaria disposto a jogar. "Certamente, Parma e Juve são os únicos times em que eu poderia jogar na Itália, mas, se eu quiser algo que me faça crescer como pessoa, isso só pode ser dado para mim no exterior. O Benfica é um clube que nos pode interessar. Mas não tive qualquer contato", disse recentemente o goleiro à revista GQ.

Pelo Parma, Buffon fez 220 partidas entre 1995 e 2001. Neste período, foi campeão da Copa da Itália, da Supercopa e da Copa da Uefa.

Futebol