PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Técnico do Equador vê Brasil como favorito na Copa América: "Melhor equipe"

Técnico do Equador, Gustavo Alfaro (dir.) em sua chegada em Cuiabá: a equipe pega a Colômbia pela Copa América - Twitter / Seleção do Equador
Técnico do Equador, Gustavo Alfaro (dir.) em sua chegada em Cuiabá: a equipe pega a Colômbia pela Copa América Imagem: Twitter / Seleção do Equador

Bruno Braz

Do UOL, em Cuiabá (MT)

12/06/2021 17h50

Classificação e Jogos

Já em solo brasileiro para a disputa da Copa América, a seleção do Equador realizou uma entrevista coletiva virtual promovida pela Conmebol com as participações do meia Ángel Mena e do técnico Gustavo Alfaro, que fez uma análise do Grupo A onde constam também Brasil, Colômbia, Peru e Venezuela.

Na avaliação do comandante equatoriano, a seleção brasileira é a melhor equipe da América do Sul e uma das mais fortes do mundo atualmente.

"O grupo está muito parelho. O Brasil está acima porque, para mim, não é só a melhor equipe da América do Sul como também do mundo, não tenho dúvidas nesse aspecto. Depois de cinco anos com Tite, há uma evolução do rendimento e do jogo. É uma equipe não só de talentos individuais como muito compactada em todas as suas linhas. Depois há um nível muito parelho das outras seleções que compõe o grupo. Por isso é jogar partida à partida com muita competência", analisou.

Satisfeito com o desempenho de sua equipe até aqui nas Eliminatórias da Copa do Mundo - onde está em terceiro lugar - o treinador acredita que a conquista do título pela primeira vez na história do país não seja algo tão distante.

"Onde está escrito que tal equipe não pode ser campeã? O favoritismo, obviamente, quem tem são essas equipes históricas, mas queremos fazer uma boa Copa América e, para isso, nosso primeiro objetivo é o de se classificar. Trataremos primeiro do objetivo de se classificar para depois seguir avançando e crescendo para chegar o mais alto que puder", declarou.

O meia Mena também se mostrou confiante na seleção equatoriana mesmo ela vindo de duas derrotas consecutivas nas Eliminatórias (para Brasil e Peru), e citou a boa partida que a equipe fez contra os brasileiros, apesar do revés de 1 a 0:

"Estamos constantemente nessa evolução. Tivemos coisas muito boas contra o Brasil. Apesar da derrota, tivemos coisas interessantes para analisar. Sabemos que, ultimamente, o Equador não teve boas apresentações, mas viemos com toda a concentração para chegar o mais longe possível. Viemos preparados para este evento".

Alfaro também citou o duelo com o Brasil como exemplo para o Equador buscar uma vitória amanhã (13) diante da Colômbia, às 20h, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), na estreia na Copa América. O treinador ainda destaca a meta da equipe de figurar entre as melhores seleções do continente.

"O Equador está preparado para jogar contra qualquer rival e em qualquer circunstância, como fomos jogar contra o Brasil. Sabíamos da complexidade, mas fomos muito concentrados do que teríamos que fazer. Espero que seja da mesma maneira amanhã. A Colômbia é uma seleção que quer recuperar sua autoestima, a forma e a intensidade. É uma das melhores da América, e estamos num processo de também querer ocupar esse lugar. Queremos jogar o Mundial, então temos que enfrentar todos os adversários e em quaisquer circunstâncias", declarou Alfaro.

Seleção Brasileira