PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras e Corinthians jogam "dérbi dos eliminados" para recolher cacos

Diego Iwata Lima

De São Paulo

12/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

Ao menos no aspecto anímico, fazia tempo que Palmeiras e Corinthians não se encontravam em um dérbi de Campeonato Brasileiro em momentos tão parecidos. Recém-eliminados na Copa do Brasil por equipes de menos tradição, ambos chegam para o jogo das 19h, no Allianz Parque, precisando recolher seus cacos e levantar a cabeça para o restante da temporada.

Em que pese Sylvinho ter acabado de chegar, e Abel Ferreira já estar no clube desde outubro de 2020, os dois treinadores também se sentam no banco de reservas sob escrutínio.

O ex-lateral esquerdo do Barcelona e do próprio Alvinegro ainda precisa mostrar se sua capacidade como treinador vai além dos trejeitos frenéticos e do falatório à la coach motivacional.

Já Abel... Ou ele ratifica a verve vencedora de quem levantou em poucos meses a Libertadores e a Copa do Brasil, ou ficará marcado, com a mesma força, pela pecha de derrotado em partidas decisivas —especialmente nos pênaltis.

Os dois times, com panos de fundo diferentes, entram em campo sob pressão. Mas as semelhanças param por aí.

Jogadores e caixa destoam

O Palmeiras que deve ir a campo mescla jovens jogadores e atletas consagrados. E independentemente das idades, o que os une, além da camisa verde, é o carimbo de "testados e aprovados".

Já pelo lado alvinegro, o que se vê também são garotos nos seus primeiros anos de vida profissional mesclados com veteranos. Mas ao contrário dos alviverdes, eles têm em comum a aura de desconfiança, por ainda não terem mostrado o suficiente para serem confiáveis, no caso dos mais novos, ou a incerteza quanto à capacidade de ainda render, no caso dos mais velhos.

Nos cofres, a disparidade é ainda maior. O Palmeiras trata como crise financeira não ter dinheiro para contratar os reforços demandados por seus torcedores, a fim de cumprir a meta de superávit prevista para 2021, não atrasar salários e manter intacto seu quadro de funcionários.

Já o Corinthians, com dívidas de curto e médio prazo na casa do bilhão, ainda tenta achar uma fórmula de se equacionar financeiramente para não atrasar mais salários, como aconteceu nos últimos anos, e seguir conseguindo contratar. Em outras palavras, sobreviver.

O fato, contudo, por mais clichê que isso possa soar, é que semelhanças e diferenças pouco importam em um Palmeiras x Corinthians quando o jogo começa. E, para permanecer no campo das verdades futebolísticas batidas, também é verdade que vencedores e vencidos nunca saem de campo de um Derby do mesmo modo que entraram.

Abel perde três para seleções, mas tem Menino, Scarpa e talvez Deyverson

Weverton, Gustavo Gómez e Matias Viña são três dos sete desfalques mais sentidos por Abel Ferreira para a partida desta noite.

O goleiro treina com a seleção para a Copa América, na qual muito possivelmente será reserva, o que torna ainda mais doloroso seu desfalque. Já Viña e Gómez certamente estarão em campo por Uruguai e Paraguai.

O técnico tem como consolo a volta de Gabriel Menino, que estava com a seleção olímpica Para o meio, o treinador pode optar por Gustavo Scarpa para a vaga de Raphael Veiga.

Contra o CRB, na quarta (9), Scarpa foi o melhor palmeirense em campo com sobras, enquanto Veiga, apagado, acabou substituído antes do término do jogo por Lucas Lima, que rendeu ainda menos.

Também estão fora de combate Gabriel Veron e Danilo, com lesões na coxa esquerda. Danilo Barbosa tem uma lesão na coxa direita. E Patrick de Paula tem um trauma no quadril.

Quem pode pintar no banco de reservas é o atacante Deyverson, reintegrado ao grupo na semana passada e totalmente em condições de ir a campo.

Sylvinho também não terá sete jogadores

O zagueiro Danilo Avelar, o goleiro Caíque França e os meias Gustavo Mantuan e Gabriel Pereira estão sob os cuidados do departamento médico.

Jemerson e Ruan Oliveira trabalham com os preparadores físicos após se recuperarem de lesão. Por fim, o meia Otero está com a seleção venezuelana se preparando para o início da Copa América.

Araos vai se firmando como homem de confiança do técnico no meio-campo. Piton vai ganhando a queda de braço com Fábio Santos pela lateral-esquerda. E Luan, mais uma vez como falso 9, soma minutos na sequência que jamais conseguiu anteriormente no clube.

Mateus Vital, artilheiro do time, perdeu espaço com a chegada de Sylvinho e mais uma vez deve começar no banco.

PALMEIRAS X CORINTHIANS

Campeonato Brasileiro - 1º Turno

Local: Allianz Parque

Horário: 19h

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza - SP.

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luís Marques, ambos de SP.

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, Fabricio Porfírio de Moura e Alício Pena Júnior

Palmeiras: Jaílson; Marcos Rocha, Luan, Renan e Victor Luís; Felipe Melo, Gabriel Menino (Zé Rafael) e Raphael Veiga (Scarpa); Rony, Wesley e Luiz Adriano. Técnico: Abel Ferreira.

Corinthians: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Lucas Piton (Fábio Santos); Roni, Gabriel e Cantillo; Gustavo Silva, Araos (Mateus Vital) e Luan. Técnico: Sylvinho

Futebol