PUBLICIDADE
Topo

Santos

Pintura com os pés? Conheça os inusitados treinos de Zanocelo no Santos

Vinicius Zanocelo em apresentação pelo Santos - Divulgação/ Santos FC
Vinicius Zanocelo em apresentação pelo Santos Imagem: Divulgação/ Santos FC

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

10/06/2021 04h00

Recém-chegado ao Santos, Vinicius Zanocelo aposta em treinos inusitados para ganhar espaço no time do técnico Fernando Diniz. O jovem de 20 anos pratica exercícios de estímulos cognitivos, ou seja, técnicas que desenvolvem e fortalecem mentalmente o atleta.

Esse tipo de trabalho atua nos pensamentos, sentimentos e emoções do jogador, intensificando suas habilidades no dia a dia de treinos. Na prática, Zanocelo "confunde" seu cérebro e o faz criar novos caminhos neurais. Ele faz pintura com os pés, usa seu celular invertido e até inverte os talheres para se alimentar.

"Há também os estímulos sensoriais, então fechar os olhos e procurar alguns objetivos, para estimular outras áreas do cérebro além das que os atletas já estão acostumados a utilizar no dia a dia de treinos e competições. Ele [Zanocelo] vira o celular e o utiliza invertido, escreve com a mão contrária do habitual... Nada é tão bom que não possa melhorar, o trabalho é feito em cima disso", disse Amanda Ciaramicoli, treinadora mental e psicanalista.

"O Vinicius sempre foi muito focado e disciplinado. Nós trabalhamos essa parte de emoções e sentimentos também, mas trabalhamos mais a parte cognitiva. Exercícios de neuroplasticidade, que é a capacidade do cérebro em aprender coisas novas. São estímulos que damos para criar novos caminhos neurais", explicou.

Santos anuncia contratação de Vinicius Zanocelo  - Reprodução/Santos - Reprodução/Santos
Santos anuncia contratação de Vinicius Zanocelo
Imagem: Reprodução/Santos

Zanocelo chegou ao Santos como uma aposta para o meio-campo, que ainda demonstra deficiência na criação. O técnico Fernando Diniz aprovou sua contratação e deve utilizá-lo apenas na próxima semana. O jogador teve um desconforto na última segunda-feira — que não preocupa — e está trabalhando para ficar 100%.

Na busca pelo aperfeiçoamento, o jogador exercita esse tipo de técnica em alguns períodos com a intenção de afiar suas tomadas de decisões e execuções quando está em campo.

"São ferramentas voltadas para o futebol, a parte emocional impacta demais, não somente na questão de ansiedade, angústia, mas também no físico. Um emocional 'desregulado' acaba interferindo na parte física. Apesar de não ser feito em cima de trabalho de chutes, etc, acaba influenciando na performance do atleta dentro de campo... na tomada de decisão, por exemplo. Não adianta ser muito bom taticamente e tecnicamente, tendo um emocional prejudicado. A parte cognitiva ajuda na agilidade de raciocínio. Eles precisam decidir e executar muito rápido", concluiu Amanda Ciaramicoli.

Aos 20 anos, Zanocelo chega ao Peixe com status de titular. Ele teve passagem pela Ponte Preta e Ferroviária, e, caso se destaque pelo Alvinegro, a diretoria santista tem valor de compra fixado após o fim de seu vínculo, que vai até final de 2023.

Santos