PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Mozart sabe da pressão, mas promete dedicação no comando do Cruzeiro

Mozart estava sem clube desde o fim de maio, quando foi demitido da Chapecoense - Cruzeiro/Divulgação
Mozart estava sem clube desde o fim de maio, quando foi demitido da Chapecoense Imagem: Cruzeiro/Divulgação

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

10/06/2021 19h15

Classificação e Jogos

O Cruzeiro oficializou na noite de hoje (10) a contratação do técnico Mozart Santos, que chega ao clube para substituir Felipe Conceição, demitido após derrota nos pênaltis para a Juazeirense, que culminou com a eliminação da Raposa na Copa do Brasil. Com contrato até o fim da Série B deste ano, o novo treinador sabe da pressão e cobrança que recairão sobre o seu trabalho. E o desafio já é grande, uma vez que o time celeste está na lanterna na Série B do Campeonato Brasileiro.

"Sei da responsabilidade e cobrança que existem, devido às conquistas que o clube obteve, pela imensa torcida que tem. O que posso garantir é muita dedicação, muito trabalho", disse em pronunciamento ao site oficial celeste.

Com apenas oito anos na profissão de treinador, Mozart teve o seu trabalho mais destacado no CSA, no ano passado, quando terminou em quinto lugar na Série B do Brasileirão.

"Vai ser com muita luta, muita entrega, é um campeonato extremamente duro. Tive a oportunidade de disputar no ano passado, infelizmente só ficamos próximos do acesso com o CSA, ficou com aquele gostinho amargo", comentou.

O treinador chega ao Cruzeiro indicado pelo novo diretor de futebol do clube, Rodrigo Pastana, com quem trabalhou recentemente no próprio CSA. Já nesta sexta-feira (11), Mozart comandará o treino da tarde, marcado para as 15h30 (horário de Brasília), na Toca II. Chegam para trabalhar com o novo treinador o auxiliar Denis Iwamura e o preparador físico Jackson Maciel Schwengber.

"Sentimento de grande alegria e ao mesmo tempo de responsabilidade [por chegar ao clube]. Venho galgando esse momento há oito anos, trabalhando e construindo esse momento. Me sinto preparado e honrado de representar esse clube", garantiu.

"Neste período de seis meses a nossa ambição é retornar à Série A, de onde esse clube não deveria ter saído (...) Com fé em Deus vamos conseguir coroar esse campeonato com acesso no final do ano", concluiu.

Se tiver o seu nome divulgado no Boletim Informativo Diário (BID), Mozart ficará no banco de reservas contra o Goiás, neste sábado (12), às 21h, no Mineirão, pela terceira rodada da Série B.

Cruzeiro