PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Jordi Alba critica o Barça: 'Dar o Suárez ao Atlético foi uma piada'

Jordi Alba, lateral do Barcelona - REUTERS/Valentyn Ogirenko
Jordi Alba, lateral do Barcelona Imagem: REUTERS/Valentyn Ogirenko

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/06/2021 13h15

Classificação e Jogos

Jordi Alba se sente pronto para ser um dos líderes do novo ciclo do Barcelona que Joan Laporta, presidente do clube, quer iniciar. Nesta quarta-feira, 10, em uma série de entrevistas para as rádios espanholas, ele criticou o Barça pela saída gratuita de Luís Suárez.

"O Luís deu muito ao Barça, e demos ele para um rival direto como o Atlético de Madri, que acabou com a La Liga. Acho que foi uma piada. Eu não gostei. Além da amizade que nos uniu, onde você vai encontrar um atacante como ele? Silenciou muitas bocas", afirmou.

Questionado sobre se a despedida de Suárez tinha algo a ver com a boa relação com Messi, o lateral-esquerdo do culé não poderia ser mais contundente: "Imagina. Muitas atrocidades são ditas. Tem coisas que não têm pé nem cabeça".

Na fase inicial da sua concentração na seleção espanhola para a Eurocopa, Alba já tinha avançado que gostaria de "ficar no Barcelona para o resto da vida". Durante a entrevista ele se manifestou na mesma direção.

"Nunca me vi fora do Barça, embora se fosse pelo que diz a imprensa, teria estado ausente nove anos. Quero cumprir o restante dos meus anos de contrato e o clube não me disse o contrário, por isso estou tranquilo", valorizou.

Além de seu futuro, ele também analisou o de Lionel Messi. "Espero que ele fique, ele não disse nada ainda. Seria uma ótima notícia porque torna nossos companheiros e o clube melhores, nos dá opções para conquistar mais títulos", comentou.

Barcelona