PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fortaleza se impõe, amplia série invicta e elimina Ceará da Copa do Brasil

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/06/2021 23h25

Classificação e Jogos

O Fortaleza chegou ao seu 18º jogo sem perder e se classificou às oitavas da Copa do Brasil batendo o rival Ceará por 3 a 0 —com dois gols de David— na noite desta quinta-feira (10). Atuando com três zagueiros, o Leão da Pici deu pouco espaço ao adversário e aproveitou bem as chances que teve para ficar com a vaga e o prêmio de R$ 2,7 milhões.

O Ceará até equilibrou no início, mas foi o Fortaleza que marcou o primeiro gol com o volante Felipe, que disputou seu 22º Clássico-Rei, aos 20 do primeiro tempo. Ainda antes do intervalo, o atacante David recebeu um presente de Charles, zagueiro adversário, e só teve o trabalho de ampliar o placar. O atacante também completou o marcador no meio da segunda etapa.

Classificado, o Fortaleza aguarda agora o sorteio da CBF para conhecer seu rival nas oitavas, que acontecem entre a última semana de julho e a primeira de agosto.

Ambos os clubes voltam a campo neste domingo (13), às 20h30, pela terceira rodada do Brasileirão. Enquanto o Vozão busca se reabilitar da derrota para o Santos diante da Chapecoense, fora de casa, o Tricolor, líder do torneio, recebe o Sport.

Brilhou a estrela de David

David precisou apenas de 70 minutos em campo para garantir uma vitória tranquila ao Tricolor. Oportunista, aproveitou a falha de Charles para balançar as redes. Ainda antes do intervalo teve outra boa chance, que parou no travessão. Mas o segundo dele, e o terceiro do time, veio aos 21 da segunda etapa, matando o confronto.

Guto perdido

O time do Ceará até que conseguiu equilibrar no início, mas depois não se encontrou na partida. Dominado pelo maior rival, o Vozão sequer assustou o goleiro Felipe Alves na maioria do tempo. O treinador não acertou na formação inicial, e as trocas realizadas não alteraram em nada o panorama do clássico.

Ceará até que começou bem...

Quer dizer, o Ceará até começou criando as principais chances da partida e assustando o goleiro Felipe Alves, que soltou uma bola fácil e também errou na saída com os pés. A melhor chance do alvinegro veio com Klaus, que carimbou a trave após cobrança de escanteio aos 7. No entanto, Felipe foi quem abriu o placar para os tricolores aos 20. O volante aproveitou que a bola sobrou sozinha após cobrança de falta e tocou para a rede na saída de Richard.

Pegado!

Nenhuma das duas equipes aliviou nas divididas de bola. A partida teve lances bem rígidos, mas o árbitro conseguiu controlar bem a animosidade distribuindo cartões amarelos (11 ao todo) e, quando possível, permitindo que a bola rolasse.

Troca obrigatória

Ainda no primeiro tempo, aos 35 minutos, o zagueiro Jussa, do Fortaleza, lesionou o ombro esquerdo em dividida com Saulo e não conseguiu mais ficar em campo. Aos prantos, deixou o gramado e Bruno Melo veio para seu lugar.

Vina sai irritado

O técnico Guto Ferreira fez duas trocas no intervalo, mas as mudanças pouco surtiram efeito. O comandante, então, aos 13 minutos, decidiu tirar o meia Vina do jogo para a entrada de Jorginho. O craque do time não gostou nada e saiu gesticulando até chegar no banco, quando o copo de água que sofreu. Pouco depois, o Vozão enfim levou perigo, por causa de uma confusão da defesa tricolor. Felipe Alves tentou cortar o cruzamento com os pés e atrapalhou Bruno Melo, que vinha atrás e quase desviou contra a própria meta.

Domínio premiado

Muito superior, o Leão da Pici continuou controlando o duelo e tendo mais chances de marcar, uma delas aproveitada por David, novamente. Após cruzamento de Pikachu, o atacante bateu firme e saiu para o abraço. Com a vaga encaminhada, o técnico Vojvoda, que chega a sétima vitória (e dois empates) nos seus primeiros 9 jogos à frente do clube, aproveitou para descansar o craque do jogo.

Últimos suspiros

Nos minutos finais, o alvinegro se mandou para o ataque e, enfim, pressionou o rival. Foram dois lances de bate e rebate na área, em que a bola ficou próxima de entrar.

Ficha técnica

CEARÁ 0 x 3 FORTALEZA
Data: 10/06/2021
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Hora: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ);
Auxiliares: Michael Correia (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ).
Gols: Felipe, aos 20' e David, aos 44' do primeiro tempo e aos 21' do segundo tempo (FOR)

Cartões amarelos: Rick, Fernando Sobral, Richard, Jorginho, Geovani (CEA); David, Bruno Melo, Yago Pikachu, Robson, Felipe, Ronald (FOR)

Ceará: Richard; Buiú, Jordan, Klaus, Bruno Pacheco; Charles (Geovane), Fernando Sobral, Vina (Jorginho); Rick (Yony González), Saulo Mineiro (Lima) e Cléber (Felipe Vizeu). Treinador: Guto Ferreira.

Fortaleza: Felipe Alves; Tinga, Titi, Jussa (Bruno Melo); Yago Pikachu, Éderson, Felipe, Matheus Vargas (Ronald), Lucas Crispim (Luiz Henrique); David (Robson) e Wellington Paulista (Romarinho). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Futebol