PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Colunistas: Jogadores da seleção não precisam se manifestar, mas deveriam

Seleção brasileira perfilada para a partida contra o Paraguai pelas Eliminatórias - Christian Alvarenga/Getty Images
Seleção brasileira perfilada para a partida contra o Paraguai pelas Eliminatórias Imagem: Christian Alvarenga/Getty Images

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

09/06/2021 12h18

Resumo da notícia

  • Colunistas respondem: os jogadores da seleção precisam se manifestar politicamente?
  • "Não precisam. Mas seria ótimo que o fizessem", analisa o colunista Menon
  • "Pessoas com longo alcance na voz precisam se manifestar", diz Milly Lacombe
  • Perrone: "Ninguém deve ser obrigado, mas, como todo cidadão, não devem ser alienados"
  • Coutinho: "Ficar em cima do muro ou se abster é mais do que isenção política"

Depois de alguns boatos e muito mistério, os jogadores da seleção brasileira divulgaram na noite de ontem (8), após a vitória sobre o Paraguai, pelas Eliminatórias, um manifesto em suas redes sociais em que se dizem contra a realização da Copa América, marcada para começar em quatro dias, no Brasil.

No texto, eles reiteram oposição à competição, mas sem boicote, e alegam que 'em nenhum momento quiseram tornar essa discussão política'.

Diante do manifesto, fizemos a seguinte pergunta aos colunistas do UOL Esporte: Os jogadores da seleção brasileira precisam se manifestar politicamente?

Primeiro, é fundamental entender que qualquer posicionamento é uma manifestação política. E isso não pode ser confundido com a política partidária. Agora, os atletas se posicionaram politicamente pela neutralidade. Acho que a carta que mostraram está longe de ser um manifesto. Desconectada com o mundo e vazia de conteúdo, frustra uma expectativa criada de compromisso social e esquece que numa democracia existem poderes delegados pela maioria, não uma passiva subserviência. É verdade que atletas não são obrigados a defender publicamente direitos humanos, mas essa será sempre uma escolha política deles.
ANDREI KAMPFF

Não há essa obrigação, mas quem tem o alcance que eles têm, a influência que eles têm e a condição de vida boa que eles têm deveria se manifestar e buscar algo melhor para o seu país. Particularmente, não entendo como qualquer pessoa assiste aos absurdos diários que temos no Brasil e consegue ficar calada. Ainda mais com a origem humilde dos atletas vindo de uma camada social que é sempre a que mais sofre.
DANILO LAVIERI

Ninguém precisa. Mas quem se abstém de agir politicamente permite que terceiros ajam por ele.
JUCA KFOURI

Não precisam. Mas seria ótimo que o fizessem. Que tivessem noção do seu poder de transformação social a partir de um posicionamento.
MENON

Em tempos normais, onde não haja injustiça social, nem genocídios e muito menos uma liderança fascista no poder, não, não precisam. Podem seguir suas vidas sem cair na tentação de se manifestar politicamente. Mas, como o Brasil nunca experimentou tempos de paz, sim, precisam. E a necessidade aumenta terrivelmente diante do que estamos enfrentando. Somos seres políticos porque política não é apenas apoiar ou deixar de apoiar um candidato. Política é o que organiza a forma como vivemos e nos relacionamos. É o que fazemos da hora em que abrimos os olhos até a hora em que vamos deitar, conscientes ou não disso. Pessoas com longo alcance na voz precisam se manifestar, especialmente em tempos brutos. Não fazer isso é se acovardar. É se apequenar. É nos deixar sufocar.
MILLY LACOMBE

Deveriam, mas não são obrigados. E eles precisam ser respeitados quando suas posições não vão de encontro ao que pensa a maior parte da opinião pública. Quando isso acontece, geralmente eles acabam sendo perseguidos, o que inibe muito atleta de se manifestar.
MILTON NEVES

Os jogadores da seleção não precisam se manifestar politicamente. Ninguém deve ser obrigado a isso. Porém, como todo cidadão, não devem ser alienados. É importante que se envolvam com causas relevantes para a sociedade brasileira. Neste momento, não há tema mais urgente do que o combate à pandemia e ao negacionismo.
PERRONE

Ninguém nunca deve ser obrigado a se posicionar politicamente. Liberdade de expressão também significa liberdade de se abster de se expressar. É um direito básico da civilização que precisa ser respeitado. Agora, é lógico que eu gostaria que nossos jogadores fossem mais conscientes do papel social que eles desempenham e, por conta disso, realmente falassem o que pensam, sem medo da repressão dos poderes pré-estabelecidos e também das redes sociais.
RAFAEL REIS

Precisar, não precisam. Mas sempre esperamos um posicionamento de figuras públicas, com grande número de seguidores hoje em dia. Mas isso vale para todos. Não só jogadores de futebol.
RODOLFO RODRIGUES

Precisam. Vivemos um tempo em que ficar em cima do muro ou se abster é mais do que isenção política, é isenção de caráter mediante ao que acontece hoje no país. É um exercício de cidadania, de consciência do lugar deles na sociedade. Seja qual for a posição, é necessário que se mostrem como são.
RODRIGO COUTINHO

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Seleção Brasileira