PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Sem atuar há quase 20 dias, Keno pode reforçar Atlético-MG contra o Remo

Keno domina a bola em atuação decisiva pelo Atlético-MG contra o Cerro Porteño, em Assunção - Bruno Cantini/CAM
Keno domina a bola em atuação decisiva pelo Atlético-MG contra o Cerro Porteño, em Assunção Imagem: Bruno Cantini/CAM

Henrique André

Do UOL, em Belo Horizonte

08/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

O técnico Cuca deverá ter um reforço de peso para enfrentar o Remo-PA nesta quinta-feira (10), pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Recuperado de lesão no músculo anterior da coxa esquerda, o atacante Keno voltou a treinar com o grupo na tarde de ontem (7) e pode ser opção para o confronto marcado para às 19h no Mineirão.

Fora de combate desde 25 de maio, o camisa 11 foi desfalque em compromissos importantes. Ele, inclusive, ainda não entrou em campo pela Copa do Brasil e pelo Campeonato Brasileiro. Com 12 partidas realizadas na temporada, Keno marcou dois gols até o momento.

O último jogo do atacante foi no empate sem gols com o América, em 22 de maio, que deu ao Galo o 46º título estadual de sua história. Na ocasião, ele ficou em campo por 56 minutos até ser substituído.

No clube desde o ano passado, Keno já fez 50 partidas e anotou 12 gols. Em 2020, inclusive, ele foi o artilheiro da equipe. Com a saída do técnico argentino Jorge Sampaoli, atualmente no Olympique de Marselha, da França, e com a chegada de Cuca, em março, ele passou a exercer função diferente dentro das quatro linhas. Se antes ficava mais perto da grande área, sem a necessidade de voltar para marcar até o meio do campo, agora ele ajuda mais o sistema defensivo. Durante coletiva, até chegou a dizer que estava "chegando mais cansado para finalizar".

Mais reforços

Como venceu o Remo por 2 a 0, em Belém, o Atlético-MG pode até perder por um gol de diferença que seguirá na Copa do Brasil. Além de Keno, Cuca deverá ter outros nomes à disposição para o confronto.

Contra os paraenses, quatro jogadores que estavam servindo às respectivas seleções podem ser relacionados pelo comandante curitibano, mesmo sendo nomes certos também para a Copa América, que começa no próximo domingo (13): Alonso (Paraguai), Savarino (Venezuela), Franco (Equador) e Vargas (Chile) ainda terão um jogo pela Eliminatória da Copa de 2022, mas chegarão em BH a tempo de serem opções para o jogo no Gigante da Pampulha.

Guga e Arana, que estão na Sérvia com a seleção olímpica, têm amistoso amanhã, às 14h, mas pela distância, dificilmente devem estar aptos a entrar em campo no jogo decisivo da terceira fase da Copa do Brasil.

Atlético-MG