PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Suíça avisa Uefa e Fifa que não podem retaliar Real, Barça e Juve

Aleksander Ceferin, presidente da Uefa - Harold Cunningham - UEFA/UEFA via Getty Images
Aleksander Ceferin, presidente da Uefa Imagem: Harold Cunningham - UEFA/UEFA via Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/06/2021 09h54

A questão da Superliga continua. Na manhã de hoje, o Ministério da Justiça suíço avisou que a Uefa e a Fifa não podem impor qualquer tipo de sanção contra o Real Madrid, Barcelona e Juventus.

De acordo com o jornal espanhol Cadena SER, ambas as instituições receberam a notificação oficial.

O juiz Manuel Ruiz de Lara já se baseou na jurisprudência do caso por ser o mesmo juiz que o submeteu ao Tribunal de Justiça espanhol, que, por sua vez, fez o mesmo com os suíços.

Lara também é o mesmo magistrado que levantou uma questão prejudicial perante o Tribunal de Justiça da União Europeia para decidir se a Uefa e a Fifa exercem um monopólio.

As duas instituições ainda não se decidiram se irão em frente apesar de tudo ou se revogarão o processo disciplinar aberto pela mais alta instância europeia no dia 25 de maio.

O projeto da Superliga naufragou poucos dias após seu anúncio. Com a repercussão negativa em relação ao projeto, nove dos 12 clubes fundadores recuaram, enquanto Real Madrid, Barcelona e Juventus insistem na criação do torneio paralelo.

Futebol