PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mercado da bola: Abel Braga de clube novo e Jesus sondado na Itália

Técnico, que estava desempregado desde a saída do Internacional, vai treinar clube suíço - Pedro H. Tesch/AGIF
Técnico, que estava desempregado desde a saída do Internacional, vai treinar clube suíço Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Do UOL, em São Paulo

07/06/2021 12h41

Apesar de as polêmicas envolvendo a seleção brasileira tomarem conta do noticiário, o mercado da bola segue agitado mundo afora.

Alguns exemplos disso são o acerto de Abel Braga com um clube europeu e novos rumores sobre o destino de Gabriel Jesus e Lionel Messi.

O UOL Esporte destaca as principais notícias do dia no mercado da bola. Veja abaixo.

Lá vem o Abelão!

Desempregado desde que deixou o Internacional com o fim do último Campeonato Brasileiro, Abel Braga tem um novo time: o Lugano, da 1ª divisão da Suíça.

No comunicado, a equipe ressaltou o histórico do carioca e informou que o técnico assinou contrato por um ano com opção de extensão por mais um.

Haaland a preço de ouro

O Borussia Dortmund definiu o preço por Erling Haaland caso algum clube queira contratar o jogador para a próxima temporada.

De acordo com o As, este valor seria de 200 milhões de euros (cerca de R$ 1,2 bilhão na cotação atual), cifra que é inatingível para qualquer clube, incluindo o Real Madrid, principal interessado no norueguês. Trata-se de uma estratégia para manter o atleta na Alemanha até 2022.

Sai CR7, entra Jesus?

Diante de incertezas envolvendo o futuro de Cristiano Ronaldo na Juventus, o clube italiano já está de olho em possíveis substitutos para o craque português caso ele decida deixar o clube.

A Gazzetta Dello Sport afirmou que o clube de Turim está de olho em Dusan Vlahovic, da Fiorentina, e Gabriel Jesus, do Manchester City. Este último, aliás, já foi alvo do clube no passado e, conforme o jornal, é um 'sonho' da diretoria.

Khelaifi quer Messi

O presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, admitiu que o clube francês está negociando com Lionel Messi - o contrato do atacante com o Barcelona termina no fim de junho. Em entrevista ao jornal L'Équipe, o dirigente não quis dar detalhes sobre a negociação, mas não escondeu que o PSG busca a contratação do argentino.

"Eu disse ao presidente do Barcelona que Messi estava no fim de seu contrato e que todos os clubes têm o direito a partir de 1º de janeiro de falar com ele", resumiu ele.

Futebol