PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2021

Fluminense vence Cuiabá em São Januário com gol de Gabriel Teixeira

Do UOL, em São Paulo

06/06/2021 13h00

Classificação e Jogos

O Fluminense conquistou sua primeira vitória no Brasileirão no calor das 11h do Rio de Janeiro. Jogando em São Januário por causa de reformas no Maracanã, a equipe de Roger Machado segurou o placar de 1 a 0 sobre o Cuiabá construído ainda no primeiro tempo, com o gol marcado pelo jovem Gabriel Teixeira.

O resultado faz com que a equipe carioca chegue aos 4 pontos e assuma, provisoriamente, a quarta colocação. O Cuiabá ainda não venceu na elite do futebol brasileiro e segue com um ponto, na provisória 13ª colocação.

Os próximos dois jogos do Fluminense serão contra o Red Bull Bragantino. Na quarta-feira (9), as equipes se enfrentam no jogo de volta da Copa do Brasil, depois de a equipe carioca vencer a ida por 2 a 0. No próximo domingo (13), eles jogam pela terceira rodada do Brasileirão.

Já eliminado da Copa do Brasil, o Cuiabá volta a campo apenas no dia 14 de junho, quando receberá o Atlético-GO.

Cuiabá tem a posse, mas é o Flu quem marca

Gabriel Teixeira e Nenê comemoram gol do Fluminense contra o Cuiabá - Thiago Ribeiro/AGIF - Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

O Cuiabá ficou mais com a bola durante todo o primeiro tempo, mas não conseguiu transformar o controle das jogadas em possibilidades de gol. Sem poder contar com seu artilheiro Elton, de fora por causa de problemas estomacais, a equipe teve a primeira chance real apenas aos 43 minutos, quando Uendel recebeu na entrada da área e chutou para fora.

Sem o controle da bola, o Fluminense apostava em transições rápidas, principalmente pelas laterais. E foi assim que saiu o gol, aos 39 minutos. Desde o momento em que Egídio recuperou a bola na zona central do campo até Gabriel Teixeira mandar para o fundo do gol de Walter, após cruzamento de Yago Felipe, foram apenas 10 toques.

Cuiabá melhora, mas para na trave

Ainda com uma posse de bola maior que a do Fluminense, o Cuiabá começou o segundo tempo mais efetivo do que na primeira etapa. Logo aos 3 minutos, Jonathan Cafú avançou pela direita e chutou na rede pelo lado de fora do gol de Marcos Felipe. Os avanços mato-grossenses às costas dos laterais eram algo que incomodava o técnico Roger Machado.

A melhor chance surgiu aos 12 minutos. Pepê cobrou falta no canto do goleiro Marcos Felipe, que desviou com a ponta dos dedos. A bola bateu na trave e foi afastada pela defesa do Fluminense.

Egídio se salva em lance polêmico

A situação do Fluminense quase se complicou aos 22 minutos, em um vacilo de Egídio. Último homem na entrada da área, o lateral tentou sair driblando e foi desarmado por Rafael Papagaio. A árbitra Edina Alves, no entanto, entendeu que o atacante do Cuiabá fez falta na jogada, o que irritou os jogadores da equipe mato-grossense.

Durante a transmissão do Premiere, o comentarista de arbitragem Sandro Meira Ricci opinou que a falta teria sido feita pelo próprio Egídio, em um lance que poderia resultar em cartão vermelho para o jogador do Fluminense. Por ser um lance interpretativo, contudo, o VAR não precisaria ser chamado.

Cuiabá empata, mas gol é anulado

O Cuiabá seguiu explorando as costas dos laterais do Fluminense, principalmente pelo lado de Egídio. Em jogada que começou com uma inversão de Uillian Correia, aos 34 minutos, Clayson recebeu no meio e chutou para a defesa de Marcos Felipe. No rebote, Felipe Marques, sem marcação na direita, balançou as redes, mas o lance foi anulado por impedimento.

Lucca ressurge com os desfalques

Ao ser chamado por Roger Machado aos 37 minutos do segundo tempo, Lucca voltou a jogar uma partida pelo Fluminense depois de quase um mês. A volta tem relação com os desfalques da equipe carioca para a partida. Reservas imediatos de Nenê, Cazares (na seleção equatoriana) e Ganso (gripado) não estavam disponíveis. Roger Machado, então, decidiu optar pelo camisa 7.

Primeiro jogo sem Valentim

Luiz Fernando Iubel, técnico do Cuiabá, durante a partida contra o Fluminense - Thiago Ribeiro/AGIF - Thiago Ribeiro/AGIF
Auxiliar Luiz Fernando Iubel comandou o Cuiabá contra o Fluminense
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

O Cuiabá fez sua primeira partida desde a demissão do técnico Alberto Valentim após o empate com o Juventude na primeira rodada. O auxiliar-técnico Luiz Fernando Iubel foi o responsável por dirigir a equipe contra o Fluminense e trouxe novidades na escalação da equipe mato-grossense. A principal delas foi a entrada do volante Auremir, pouco utilizado.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 0 CUIABÁ

Competição: Campeonato Brasileiro (2ª rodada)
Data e hora: 6 de junho de 2021, às 11h (de Brasília)
Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro
Árbitra: Edina Alves Batista (SP/Fifa)
Assistentes: Neuza Ines Back (SP/Fifa) e Daniel Luis Marques (SP)
4º árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Árbitro de vídeo (VAR): Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Gols: Gabriel Teixeira (37'/1ºT), para o Fluminense
Cartões amarelos: Martinelli e Yago Felipe, pelo Fluminense; Clayson, pelo Cuiabá

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro, Egídio; Yago Felipe, Martinelli (Wellington), Caio Paulista (Luiz Henrique), Nenê (Lucca), Gabriel Teixeira (Kayky); Fred (Abel Hernández). Técnico: Roger Machado

CUIABÁ: Walter; João Lucas (Osman), Marllon, Paulão, Uendel; Auremir (Uillian Correia), Rafael Gava (Guilherme Pato), Clayson, Pepê (Felipe Marques); Jonathan Cafú (Camilo) e Papagaio. Técnico: Luiz Fernando Iubel