PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Corinthians revê Lisca após polêmica e provocação em rede nacional

América-MG eliminou o Corinthians na Copa do Brasil do ano passado em jogo marcado por polêmica - Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians
América-MG eliminou o Corinthians na Copa do Brasil do ano passado em jogo marcado por polêmica Imagem: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

06/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

Algoz do Corinthians na última edição da Copa do Brasil, o técnico Lisca reencontra o caminho do clube do Parque São Jorge hoje (6), às 16h (de Brasília), quando o Alvinegro visita o América-MG no Independência pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida é a reedição de um confronto polêmico da temporada passada, quando o comandante do Coelho foi protagonista de um bate-boca com o banco de reservas do Timão e provocou com adversário em rede nacional.

No dia 4 de novembro do ano passado, o Corinthians de Vagner Mancini visitou o América-MG em Belo Horizonte, empatou em 1 a 1, e foi eliminado da Copa do Brasil na fase oitavas de final, já que havia perdido em casa por 1 a 0 no confronto de ida. Ao fim do partida, o técnico Lisca procurou uma das câmeras da transmissão e gritou: "E agora? E agora? É a quarta seguida em cima deles, a quarta". O jogo foi exibido para todo o país por Premiere e Sportv. A TV Globo o transmitiu para São Paulo e Minas Gerais.

Durante a partida, Lisca trocou rusgas com o técnico Vagner Mancini e com alguns jogadores do banco de reservas do Corinthians. Ao fim do jogo, ao deixar o gramado, bateu boca com um funcionário do Timão dizendo que "faltava humildade" ao clube do Parque São Jorge. Nos vestiários do Independência, o treinador continuou a provocar seus adversários.

O episódio não foi bem recebido pelo Corinthians, que considerou a conduta de Lisca deselegante e descabida. A fala do treinador para as câmeras, sua postura no banco de reservas durante os 90 minutos da partida e as declarações na coletiva de imprensa irritaram comissão técnica, elenco e diretoria do clube do Parque São Jorge.

No fim de abril deste ano, quando Vagner Mancini foi demitido, o nome de Lisca foi citado internamente para o presidente Duilio Monteiro Alves como uma opção viável no mercado. A negociação com o treinador do América-MG chegou a ser cogitada, afinal ele conseguiu levar o Coelho para as semifinais da Copa do Brasil do ano passado e conquistou o acesso para a Série A desta temporada. Os problemas do passado, no entanto, falaram mais alto, e o clube optou por não procurá-lo.

Hoje, o Corinthians reencontra o América-MG justamente no mesmo local do incidente da Copa do Brasil. Atualmente, o Alvinegro comandado pelo recém-contratado Sylvinho vive um momento delicado, com duas derrotas sob o comando do novo treinador. O Timão foi superado no meio desta semana pelo Atlético-GO e ainda não soma pontos no Brasileirão.

Corinthians