PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Vasco usa jogo da Série B transmitido na Globo para "dar recado" ao mercado

Germán Cano comemora gol do Vasco sobre o Botafogo - Rafael Ribeiro / Vasco
Germán Cano comemora gol do Vasco sobre o Botafogo Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco

Alexandre Araújo e Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

05/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

Mesmo na Série B, o Vasco foi a escolha da TV Globo para seu horário nobre de futebol no domingo. A partida contra a Ponte Preta, amanhã (6), às 16h, em Campinas (SP), pela segunda rodada da competição, terá transmissão da emissora para o Rio de Janeiro e outras praças.

Para efeito de comparação, o Fluminense, que está na elite do Campeonato Brasileiro, jogará na mesma data contra o Cuiabá, com transmissão somente do Premiere, às 11h. Na avaliação do vice-presidente de Marketing do Vasco, Vitor Roma, a aposta da Globo no clube é uma demonstração de força do Cruzmaltino.

"É importante dizer que quando se fala de TV aberta, não se fala da Globo criando novo horário para a Série B. Se fala da Globo inserindo o Vasco no horário nobre da Série A, nos horários já existentes, que são domingo à tarde, quarta à noite... Isso demonstra claramente a força do clube. O Vasco carrega a Série B nas costas. É uma pena o Vasco estar na Série B, obviamente. Trabalhamos arduamente para que seja a última vez, mas o clube carrega a Série B como sempre carregou a Série A também. A luta é voltar a carregar a Série A como sempre carregou", declarou Vitor Roma, ao UOL Esporte.

O dirigente revelou que a inclusão dos jogos do Vasco na grade de futebol da Globo fez algumas empresas deixarem para trás o receio de investimento no clube em função do rebaixamento. Roma acredita que a situação deixa um sinal ao mercado.

"Isso abre um leque de alternativas. Algumas empresas que conversavam com a gente tinham uma crítica ao fato do Vasco estar na Série B, mas esse impeditivo agora sai da frente. Mesmo na Série B, estaremos na Globo, com destaque, no horário nobre da Série A, porque o Vasco é o Vasco. Mesmo na Série B, o Vasco dá muito mais audiência do que a enorme maioria dos clubes que estão na Série A hoje. É uma forma de você comunicar ao mercado a força do Vasco não só para a Globo, como também para os players publicitários. É claro que isso muda um pouco nossa discussão", destacou o vice de Marketing, deixando no ar a possibilidade de acontecer alguma ação publicitária pontual nos duelos com o Cruzeiro pela competição.

"Tem um primeiro teste no Vasco e Cruzeiro. São dois campeões nacionais na Série B, e esses dois jogos chamaram muito a atenção de muitos players do mercado publicitário."

O confronto entre Vasco e Cruzeiro pelo primeiro turno já tem data marcada e acontecerá ainda este mês, no dia 23, no Mineirão. O duelo do returno, em São Januário, ainda não foi agendado pela CBF.

A Globo já decidiu que transmitirá outros jogos do Cruzmaltino em horário nobre ao longo da temporada e aposta na audiência daquela que é considerada a quinta maior torcida do Brasil, segundo pesquisas.

Vasco teve reunião na CBF com a Globo

Presidente da CBF, Rogério Caboclo (esq.) e presidente do Vasco, Jorge Salgado (dir): reunião ocorreu mês passado - Thais Magalhães / CBF - Thais Magalhães / CBF
Presidente da CBF, Rogério Caboclo (esq.) e presidente do Vasco, Jorge Salgado (dir): reunião mês passado
Imagem: Thais Magalhães / CBF

No dia 28 de maio, o presidente do Vasco, Jorge Salgado, o CEO do clube, Luiz Mello, e o vice de Marketing, Vitor Roma, estiveram na sede da CBF para uma reunião com o presidente da entidade, Rogério Caboclo, e com o diretor de Aquisições e Governança de Direitos da TV Globo, Pedro Garcia. O motivo do encontro, segundo nota oficial da confederação, foi "debater temas relacionados às competições disputadas pelo time da Colina".

Ainda segundo o comunicado, o presidente do Botafogo, Durcésio Mello, e o superintendente de de Marketing do Cruzeiro, Edson Potsch, também participaram, mas por videoconferência.

Vasco