PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2021

Santos supera o Ceará na Vila Belmiro e vence a primeira no Brasileirão

Colaboração para o UOL

05/06/2021 22h58Atualizada em 05/06/2021 23h29

Classificação e Jogos

Jogando na Vila Belmiro, o Santos venceu o Ceará por 3 a 1 na noite de hoje (5) e conquistou seuss primeiros no Campeonato Brasileiro. Os gols do Peixe foram marcados por Jean Mota, Marinho e Kaio Jorge. Vina, de pênalti, fez o único gol dos visitantes.

Assim, o Santos conquistou a primeira vitória no Brasileirão e chegou aos três pontos. Já o Ceará sofreu seu primeiro revés no campeonato

Agora, Santos e Ceará voltam a entrar em campo pelo Brasileirão no próximo fim de semana. No sábado (12), o Santos recebe o Juventude na Vila às 19h. Já o Ceará visita a Chapecoense no domingo (13), às 20h30.

Jogo começa agitado

A partida na Vila Belmiro teve um início de jogo bem animado. Com as duas equipes buscando o ataque, não demorou para que ação começasse. Logo aos cinco minutos, o zagueiro Messias tentou cortar com a cabeça um cruzamento que veio rasteiro. O erro fez com que a bola batesse em seu braço, e o árbitro Jean Pierre assinalou pênalti para o time da casa.

Marinho pegou a bola e foi o responsável por bater o pênalti. No entanto, colocou muita força no chute, que passou à esquerda do gol de Richard e foi para fora.

Jean Mota arrisca chute e faz golaço

Após o pênalti perdido, o Santos sentiu e passou alguns minutos tendo dificuldades para jogar. Durante este período, o Ceará cresceu no jogo e chegou ao ataque com facilidade, tendo chance de abrir o placar. Aos 12 minutos, Jorginho recebeu na área e chutou em direção ao gol, mas parou em ótima defesa de John.

O Santos conseguiu equilibrar as ações na metade da primeira etapa. Com a bola no chão, a equipe de Diniz conseguiu boas jogadas com trocas de passes.

Aos 18 minutos, após boa construção, o Santos conseguiu chegar facilmente na intermediária do Ceará. Jean Mota recebeu a bola fora da área, viu Richard um pouco adiantado e bateu no ângulo esquerdo do goleiro, fazendo o golaço que abriu o placar para o Peixe.

Ceará empata no fim do 1º tempo

Após abrir o placar, o Santos continuou melhor no jogo. Mantendo a posse de bola de forma segura, com trocas de passes no campo de defesa e boas saídas em velocidade, o Peixe chegou a ter chance de ampliar.

Com menos posse de bola, o Vozão encontrou dificuldade em sair no contra-ataque e não conseguiu criar grandes chances com a bola rolando. Nos momentos finais, Felipe Jonathan cedeu escanteio para o Ceará. Na cobrança, Messias cabeceou, e a bola bateu o braço aberto de Alison. Com ajuda do VAR, o árbitro marcou pênalti para o Ceará.

Vina foi para a bola e bateu com muita tranquilidade no lado esquerdo, deslocando John e empatando o jogo no último lance da primeira etapa.

Marinho faz o segundo do Santos

O início da etapa final foi bastante brigado, com os dois times tentando o ataque. Aos 18 minutos, o Santos ficou à frente do placar mais uma vez. O Peixe roubou a bola, conseguiu evoluir para o ataque, e Pará cruzou na área da direita. O zagueiro Messias, inteiro no lance, tirou a bola muito mal e a deu de presente para Marinho, que, esperto, completou para o gol.

Peixe amplia em bola parada

O Santos continuou no ataque. Do lado do Ceará, Guto Ferreira promoveu mudanças na equipe tentando buscar o empate. O jogo ficou mais combativo no meio-campo e menos criativo.

Aos 26 minutos, Gabriel Pirani bateu escanteio na entrada da área e encontrou Kaio Jorge livre para cabecear. O centroavante do Peixe concluiu no canto de Richard, que ficou parado sem poder fazer nada e viu a bola entrar.

O terceiro gol selou a vitória do Santos, que com o resultado conquistou seus primeiros três pontos no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 3 X 1 CEARÁ

Onde: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Horário: 21h
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Auxiliares: Lucio Beiersdorf Flor, Andre da Silva Bitencourt (ambos do RS)
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Gols: Jean Mota (SAN) 18'/1ºT, Vina (CEA), 51'/1ºT; Marinho (SAN), 18'/2ºT, Kaio Jorge (SAN), 27'/2ºT
Cartões Amarelos: Pará, Luan Peres, Alison (Santos); Gabriel Lacerda (Ceará).

Santos: Jhon; Pará; Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Jean Mota (Danilo Boza) e Pirani (Ângelo); Marinho (Madson), Marcos Guilherme (Kevin Malthus) e Kaio Jorge (Marcos Leonardo). Técnico: Fernando Diniz.

Ceará: Richard; Buiú, Messias, Gabriel Lacerda (Jordan), Bruno Pacheco; Oliveira, Fernando Sobral (Charles), Vina (Rick); Jorginho, Saulo (Wendson) e Felipe Vizeu (Cléber). Técnico: Guto Ferreira.