PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Tite elogia "cabeça boa" de Gabigol e explica as oito mudanças da seleção

Gabigol e Neymar durante treino da seleção brasileira; ambos serão titulares amanhã (4) - Lucas Figueiredo/CBF
Gabigol e Neymar durante treino da seleção brasileira; ambos serão titulares amanhã (4) Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

03/06/2021 23h34

Classificação e Jogos

Tite confirmou a escalação da seleção brasileira com oito mudanças em relação à última rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar para o jogo de amanhã (4), às 21h30, contra o Equador, no estádio Beira-Rio. A principal surpresa é a entrada do atacante Gabigol, que não era convocado desde 2019 e foi elogiado pelo comandante em entrevista coletiva.

"[Gabigol] Está ritmado e com a qualidade técnica. Sem contar a condição de estar de cabeça boa e num grande momento no Flamengo", disse.

Em relação ao último jogo, em novembro de 2020, só três jogadores seguem como titulares: Danilo, Marquinhos e Richarlison. Veja quais são as mudanças:

  • Alisson no lugar de Ederson (opção técnica);
  • Éder Militão no lugar de Thiago Silva (lesionado);
  • Alex Sandro no lugar de Renan Lodi (opção técnica);
  • Casemiro no lugar de Arthur (volta de lesão);
  • Fred no lugar de Douglas Luiz (suspenso);
  • Lucas Paquetá no lugar de Everton Ribeiro (lesionado);
  • Neymar no lugar de Gabriel Jesus (volta de lesão);
  • Gabigol no lugar de Roberto Firmino (opção técnica)

Alisson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred e Lucas Paquetá; Richarlison, Neymar e Gabigol é a escalação. Casemiro será o capitão do time.

"É um desafio nosso depois de sete meses tu reunir peças, dar treinamento, quantificação de carga, posições e funções que eles possam exercer. Mantemos um padrão de desempenho individual e coletivo para que possamos ter o resultado de vitória como reflexo, consequência de jogar bem. É o desafio de uma equipe equilibrada e agressiva", explicou Tite, que deu como argumento para as mudanças o fato de alguns jogadores terem chegado mais tarde que outros na preparação, na Granja Comary.

Tite - Lucas Figueiredo/CBF - Lucas Figueiredo/CBF
Tite durante treino da seleção brasileira
Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

"Quem chegou antes na preparação teve vantagem, porque estabelece o ritmo da competição. Tem dois jogadores na final da Champions de nível extraordinário [Ederson e Gabriel Jesus] que ficaram prejudicados em função de vir no final e os outros mobilizados. Você tenta harmonizar. Vai ter oscilações, não vai ter um padrão 90 minutos, mas que consiga controlar quando o adversário estiver dominando e transforme isso em resultado."

Dos 25 convocados, Tite não conta com Douglas Luiz, suspenso, além de Thiago Silva e Everton Ribeiro, lesionados. O meia do Flamengo faz tratamento para ficar à disposição.

A seleção brasileira enfrenta o Equador amanhã (4), às 21h30, no Beira-Rio, e volta a jogar na terça-feira (8), contra o Paraguai. A equipe lidera as Eliminatórias com quatro vitórias em quatro partidas.

Seleção Brasileira