PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Presidente do Barça nega que contratação de Agüero foi para agradar Messi

Messi e Aguero durante treino da Argentina - Eitan Abramovich/AFP
Messi e Aguero durante treino da Argentina Imagem: Eitan Abramovich/AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

31/05/2021 17h20

Kun Agüero foi apresentado no Barcelona hoje e a chegada do argentino pode retomar uma dupla de sucesso na seleção alviceleste. Caso Messi permaneça no clube catalão, ele e Agüero reeditarão a parceria. E há que diga que a contratação do ídolo do City foi exatamente para 'agradar' o camisa 10, coisa que o presidente Joan Laporta nega.

"Contratamos Agüero porque é um jogador que queríamos e por ser excecional. Pela sua qualidade e pela sua forma de jogar. Encaixa no nosso sistema. A contratação de Agüero é por ser Agüero. Queremos uma equipa muito competitiva. É a primeira de uma série de contratações que vamos realizar. E é claro que queremos a continuidade de Messi", disse o cartola.

Com a promessa de renovar o elenco catalão, Laporta está de olho no mercado e nos jogadores que pode liberar para negociações. Mas, partindo do treinador, o futuro do atual comandante Ronald Koeman ainda é incerto, mas o casamento tem tudo para chegar a um fim.

"Iniciamos um período de reflexão, pedimos ao técnico. Estamos em contato, tem contrato e a nossa vontade é de o respeitar durante este período de reflexão".

Segundo a imprensa espanhola, o 'tempo de reflexão' foi pedido para que o clube encontre um nome para substituir Koeman. Na próxima semana é esperado que o Barcelona revele o futuro do comando e mais reforços para o elenco.

Barcelona