PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões - 2020/2021

Thiago Silva destaca trabalho de Tuchel no Chelsea: "chegou e mudou o time"

Thiago Silva, zagueiro do Chelsea, antes da final da Champions contra o Manchester City - AFP
Thiago Silva, zagueiro do Chelsea, antes da final da Champions contra o Manchester City Imagem: AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/05/2021 18h40

Classificação e Jogos

O zagueiro Thiago Silva, do Chelsea, destacou o trabalho do técnico Thomas Tuchel após a vitória sobre o Manchester City por 1 a 0, hoje (29). O resultado deu ao time de Londres o título da Liga dos Campeões da Europa.

Na opinião do defensor brasileiro, Tuchel fez um trabalho 'heroico', já que chegou no meio da temporada. Thiago Silva ainda disse que, apesar de o time de Londres não entrar na final como favorito, conseguiu igualar tudo dentro de campo.

"Muito feliz por esse momento. Por vezes, a gente não entende os planos de Deus. Ano passado [pelo Paris Saint-Germain], batemos na trave, com o Tuchel. Esse ano, de maneira heroica, ele chegou no meio da temporada e mudou o time", declarou o zagueiro, em entrevista à TNT Sports.

"Tem uma coisa que aprendi com o Tite [treinador da seleção brasileira], que é o merecimento, e nós merecemos. Muita gente não deu a gente como favorito, mas faz parte. Muita gente gosta de um jeito de jogar, outros de outro. Na final tudo se iguala", acrescentou.

Objetivos na carreira

Thiago Silva admitiu que encerrar a carreira sem uma Liga dos Campeões seria frustrante e celebrou o fato de ser aclamado pela torcida do Chelsea após apenas um ano de clube.

"Particularmente, estou muito feliz aqui. Não imaginaria, nem nos melhores sonhos, ser aclamado aqui no primeiro ano de Chelsea. Acredito que por toda a carreira, mas também pela temporada excelente que fizemos. Não gosto de falar de mim, mas estou muito orgulhoso de mim, pelo que fiz até hoje", declarou.

"Passa um filme na cabeça por ser em Portugal. Ficou mais especial, porque passei um dos piores momentos da carreira aqui [a tuberculose]. O Porto me deu toda a assistência. Infelizmente, não pude jogar pelo Porto. Fui curado aqui no Porto, depois fui para o Fluminense. Estou muito orgulhoso da minha carreira. Se acabasse sem esse título, faltaria alguma coisa", continuou.

O zagueiro brasileiro afirmou que seu próximo objetivo é conquistar a Copa do Mundo e lamentou a lesão que sofreu durante a partida, projetando que isso pode atrapalhar a participação na Copa América.

"Eu sou sonhador. Mas não basta só isso. Tem que trabalhar, ser resiliente. Acho que sou isso. Tem a Copa América. Não sei como vai ser com a lesão. Tem as Eliminatórias e o Mundial. Meu sonho é ganhar o Mundial. Talvez caiba uma Libertadores. Na Champions, tive a segunda oportunidade, quem sabe não tenho na Libertadores?", completou.