PUBLICIDADE
Topo

Copa Sul-Americana - 2021

Sob olhar de Sylvinho, Corinthians goleia em sua despedida da Sul-Americana

Jogadores do Corinthians comemoram gol contra o River Plate-PAR na Sul-Americana - BRUNO ESCOLASTICO/ESTADÃO CONTEÚDO
Jogadores do Corinthians comemoram gol contra o River Plate-PAR na Sul-Americana Imagem: BRUNO ESCOLASTICO/ESTADÃO CONTEÚDO

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

26/05/2021 23h23

Classificação e Jogos

O Corinthians se despediu da Copa Sul-Americana em grande estilo. Com o recém-contratado Sylvinho observando de um camarote da Neo Química Arena, o Timão não tomou conhecimento do River Plate, do Paraguai, e venceu por 4 a 0, com gols de Ramiro (duas vezes), Jô e Mateus Vital. O Timão encerrou a competição continental na segunda colocação do Grupo E, com 10 pontos, e ganhou o prêmio de consolação no valor de US$ 120 mil (aproximadamente R$ 637 mil).

A equipe do Parque São Jorge entrou em campo já eliminada da Sul-Americana e, por isso, priorizou sete de seus titulares pensando no Campeonato Brasileiro. O River Plate jogava para avançar na competição em caso de vitória e um tropeço do Peñarol no Peru, mas não conseguiu se impor em campo e apenas assistiu ao Corinthians desenvolver seu jogo.

O resultado elástico foi construído ainda no primeiro tempo, quando o Timão abriu uma vantagem de três gols. Na etapa final, a equipe manteve sua superioridade em campo e a comissão técnica aproveitou a folga no placar para rodar o elenco e fornecer o máximo de informação possível ao novo treinador do Alvinegro.

Novo técnico na área

A apresentação da equipe foi acompanhada de perto pelo técnico Sylvinho, que chegou ontem (25) ao CT Joaquim Grava e, por isso, não pôde comandar a equipe já que sua documentação não havia sido regularizada. Ao lado de seu auxiliar Doriva e do gerente de futebol Alessandro Nunes, o novo treinador do Corinthians assistiu a partida em um camarote do estádio.

O melhor: Araos

O chileno Araos soube aproveitar a oportunidade dada pelo analista Fernando Lázaro. Embora não tenha feito gol, o meio-campista foi participativo, movimentou o sistema ofensivo e criou pelo menos três grandes chances para o Corinthians na partida.

O pior: Serdán

Goleiro reserva do River Plate, Gustavo Serdán deu uma "mãozinha" ao Corinthians no segundo tempo. Em um lançamento longo de Cantillo, o arqueiro decidiu sair da área e dividir a bola, errou o tempo de reação e foi encoberto pelo quique da redonda.

Início morno e golaço de Ramiro

O início da partida foi em ritmo lento, com o Corinthians tendo controle da posse da bola, mas sem conseguir chegar ao gol adversário. O panorama mudou quando Ramiro, aproveitando o rebote de um escanteio, acertou um forte chute no ângulo esquerdo do goleiro Gustavo Serdán e abriu o placar na Neo Química Arena.

Corinthians amplia, mas leva sustos

Com o placar aberto, o Corinthians se soltou em campo e não encontrou dificuldades para aumentar sua vantagem. Primeiro com Jô aproveitando cruzamento na medida de Bruno Méndez, e depois com Mateus Vital após assistência de Adson. Antes dos dois gols, no entanto, o River Plate acertou duas bolas na trave do goleiro Cássio e poderia ter complicado a partida.

Ramiro fecha a conta

O volante Ramiro teve uma noite para não ser esquecida na Neo Química Arena. Depois de abrir o placar com um chute de rara felicidade de fora da área, o meio-campista ganhou um presente do goleiro Gustavo Serdán e fez o último gol da partida. Foi a primeira vez que o jogador fez dois gols com a camisa do Corinthians.

Fernando Lázaro coloca quase todo mundo para jogar

Ao longo do segundo tempo, o analista de desempenho Fernando Lázaro aproveitou a presença de Sylvinho na Neo Química Arena para colocar a molecada em campo. Além de Adson, escalado como titular, o interino colocou Gabriel Pereira, Vitinho e Cauê no jogo. O goleiro Matheus Donelli entrou no intervalo já que Cássio sentiu dores na coxa direita.

Próximos jogos

A Copa Sul-Americana está no passado e o Corinthians se concentra no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil — as duas competições que o clube tem pela frente no segundo semestre. No próximo domingo (30), o Timão recebe o Atlético-GO, na Neo Química Arena, pela 1ª rodada da Série A. Na ocasião, o treinador Sylvinho fará sua estreia no comando técnico da equipe.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 4 x 0 RIVER PLATE

Competição: Copa Sul-Americana - Grupo E (6ª rodada)

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Data: 26/5/2021

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Jose Argote (VEN)

Assistentes: Christian Lescano (EQU) e Jose Retamal (CHI)

VAR: não há VAR nesta fase da Copa Sul-Americana

Cartões amarelos: Montiel, Garcete, Saldivar, Bogado e Contrera (River Plate); Vitinho (Corinthians)

Cartões vermelhos: -

Gols: Ramiro, aos 21' do 1º tempo (1-0); Jô, aos 28' do 1º tempo (2-0); Mateus Vital, aos 33' do 1º tempo (3-0); Ramiro, aos 13', do 2º tempo (4-0)

CORINTHIANS: Cássio (Matheus Donelli); Bruno Méndez, João Victor, Raul Gustavo e Fábio Santos; Roni, Ramiro (Vitinho), Adson, Araos (Gabriel Pereira) e Mateus Vital (Cantillo); Jô (Cauê). Técnico: Fernando Lázaro.

RIVER PLATE: Gustavo Serdán; Mario Saldivar, Alex Garcete (Navarro), Gustavo Giménez e Carlos Montiel; Walter Gaona (Bolgado); Cristian Sosa, Aldo Quiñónez (Torales), Mario Otazú e Alberto Contrera; Dionicio Pérez (Caballero). Técnico: Celso Ayala