PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Flamengo: Gerson tem oferta para ganhar cinco vezes mais no Olympique

Gerson em ação pelo Flamengo contra o Fluminense na final do Carioca - Thiago Ribeiro/AGIF
Gerson em ação pelo Flamengo contra o Fluminense na final do Carioca Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Alexandre Araújo e Thiago Fernandes

Do UOL, no Rio de Janeiro e São Paulo

26/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

A proposta do Olympique de Marselha, da França, por Gerson está sobre a mesa do Flamengo. O jogador também já sabe quanto receberá em caso de resposta positiva no mercado da bola: o valor é cinco vezes superior ao que fatura atualmente no Ninho do Urubu. Mesmo com todas as cifras, o atleta de 24 anos não está tão empolgado com a mudança. Ele sonha com um clube do primeiro escalão da Europa e vê pressa na busca por um novo interessado.

Um dos pilares do time montado por Rogério Ceni, o meio-campista está longe, hoje, do grupo de atletas de maior remuneração dentro do elenco. Por isso, o Olympique de Marselha aposta na questão financeira para atraí-lo.

Real Madrid é o sonho

Em que pese os valores elevados, o meio-campista e seu estafe ainda relutam em aceitar a oferta. Seus representantes buscam clubes de primeiro escalão no continente e que estejam na próxima edição da Liga dos Campeões. O Real Madrid, da Espanha, seria grande desejo do jogador.

O estafe de Gerson conversa com o clube desde a janela de transferências passada a fim de acertar uma possível mudança do jogador para o Santiago Bernabéu. O Real Madrid mantém contato, mas sem acenar com uma oferta. O jogador agora está pressionado. O Olympique de Marselha exige que o atleta tome uma decisão mais célere sobre o seu futuro.

Há outros interessados no jogador, todos do futebol europeu. Porém, a única proposta formal feita é do clube francês, que conta com o técnico Jorge Sampaoli no banco de reservas.

Enquanto isso, o Flamengo já pensa em possíveis soluções para a saída de Gerson, que se desenha cada vez mais provável. Em entrevista após o duelo com a LDU, do Equador, pela Libertadores, o treinador rubro-negro não escondeu que gostaria de contar com o camisa 8 para o restante da temporada, mas lembrou as consequências financeiras causadas pela pandemia.

"Converso com ele [Gerson] todos os dias. Quero muito que ele fique, é peça importante. Entendo todas as necessidades que a direção tem, mas desde que chegamos aqui, não tivemos contratações até agora. Então, a manutenção do Gerson é importante se tivermos o desejo de sermos campeões. Agora, não sou eu quem paga as contas. Minha questão é dentro do campo. No meu interesse, não só a manutenção do Gerson, como a chegada de mais dois ou três jogadores, que estamos debatendo há muito tempo", disse, na ocasião.

"É um momento de pandemia, de crise, de dificuldade, clube faz de tudo para manter tudo em dia e essa parte eu não entro. Mas o Gerson é muito importante. Tenho falado sempre com ele, está com a cabeça boa, super feliz de estar aqui. Não sei qual vai ser o final da negociação, mas pela qualidade dele, se sair, fará falta."

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL Flamengo, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Amazon Music e YouTube.

Flamengo