PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fortaleza empata com o Ceará e leva o título do Campeonato Cearense

Fortaleza x Ceará, decisão do Cearense - Leonardo Moreira / Fortaleza EC
Fortaleza x Ceará, decisão do Cearense Imagem: Leonardo Moreira / Fortaleza EC

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

23/05/2021 19h07

Classificação e Jogos

O Fortaleza conquistou o Campeonato Cearense neste domingo (23) ao empatar com o Ceará, na Arena Castelão. Sem grandes chances e com muitas faltas, o jogo teve poucas emoções e o 0 a 0 sequer ameaçou sair do placar. Com a conquista, o Leão do Pici chegou ao 44º título estadual e o terceiro em sequência.

O Fortaleza entrou em campo com a vantagem do empate porque teve a melhor campanha na fase de grupos do Cearense. No total, o time disputou nove partidas, venceu seis e empatou três. Agora o campeão foca na estreia na Série A do Brasileirão diante do Atlético-MG, domingo (30), no Mineirão. O Ceará, por outro lado, encara o Grêmio no mesmo dia, no Castelão, mas antes joga contra o Jorge Wilstermann, quinta-feira (27), pela última rodada da fase de grupos da Sul-Americana.

Jogo começa ligeiro

A partida começou frenética. Embora o Fortaleza tivesse a vantagem do resultado, já que um empate lhe garantiria o título, o time manteve a ofensividade proposta pelo técnico argentino Juan Pablo Vojvoda. Enquanto o Ceará, que precisava da vitória para levantar a taça, não se acanhou: as jogadas vinham principalmente pelas laterais, tentando passar a bola para Jael. A primeira finalização, no entanto, veio apenas aos 15 minutos, num cabeceio fraco de Titi, do Leão do Pici. Dentro de campo, os jogadores também estavam se estranhando muito.

Aos 25 minutos, Jorginho, do Ceará, mandou uma cobrança de escanteio bem fechada, levando perigo ao goleiro Felipe Alves, que defendeu no susto. Foi a primeira boa chance da parte do Vozão.

Pênalti para o Ceará é anulado pelo VAR

Após uma sequência de jogadas de escanteio, o Ceará partiu em contra-ataque e Jorginho entrou na grande área do Fortaleza, caindo após disputa com dois jogadores, aos 32 minutos. O árbitro marcou o pênalti na hora, porém foi chamado pelo VAR para revisar o lance. Após longa consulta, Rafael Traci revogou a decisão de campo e a partida foi retomada com o goleiro do Fortaleza, Felipe Alves. Apesar da vontade dos times, nenhuma grande chance surgiu após o lance.

Segundo tempo começa com mais ação

Logo que começou a segunda etapa, o Fortaleza chegou com perigo. David chutou com força, Richard defendeu na agilidade e Wellington Paulista pegou o rebote, mas mandou para fora. A intensidade, no entanto, caiu com os minutos e os jogadores voltaram a cometer faltas, além de uma chuva de cartões amarelos. As disputas ganhavam mais espaço no meio de campo e pouquíssimo nos lances de ataque contra defesa.

Ceará é ofensivo, mas não consegue vencer

Nos minutos finais do segundo tempo, o Ceará teve mais força ofensiva, mas tinha dificuldades para finalizar. Aos 44 minutos, o time pediu uma penalidade máxima, mas a análise do VAR confirmou que não houve infração no lance. Pela necessidade de balançar a rede, o Vozão jogava a bola na grande área do Fortaleza em todas as oportunidades.

FICHA TÉCNICA:

FORTALEZA 0 x 0 CEARÁ
Competição: Campeonato Cearense (final)
Data: 23/05/2021 (domingo)
Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Rafael Traci (Fifa/SC)
Assistentes: Nailton Oliveira (CE) e Eleutério Marques (CE)
VAR: Igor Benevenuto-MG
Cartões amarelos: Gabriel Dias, Guto Ferreira, Jorginho e Fernando Sobral (CEA); Titi, David e Carlinhos (FOR)

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Marcelo Benevenuto, Titi, Carlinhos, Éderson, Felipe (Matheus Jussa), Matheus Vargas (Daniel Guedes), Robson (Lucas Crispim), Wellington Paulista (Igor Torres) e David (Romarinho). Técnico: Juan Pablo Vojvoda

CEARÁ: Richard; Gabriel Dias (Cléber), Messias, Luiz Otávio, Bruno Pacheco, Oliveira, Fernando Sobral, Jorginho (João Victor), Lima (Saulo Mineiro), Yony González (Vina) e Jael (Vizeu). Técnico: Guto Ferreira

Futebol