PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Moisés ressalta alívio por vitória fora do Inter: "era o jogo da vida"

Moisés foi destaque do Inter contra o Olimpia - Ricardo Duarte/Internacional
Moisés foi destaque do Inter contra o Olimpia Imagem: Ricardo Duarte/Internacional

Do UOL, em São Paulo

20/05/2021 23h48

O lateral esquerdo Moisés afirmou que a vitória do Inter sobre o Olimpia por 1 a 0, hoje (20), pela Copa Libertadores da América, representou um grande alívio. Além de ser o primeiro triunfo colorado fora de casa no torneio continental, a equipe ficou perto da classificação para as oitavas de final e se recuperou após a derrota sofrida no clássico contra o Grêmio pela final do Campeonato Gaúcho.

"Vestir a camisa do Inter tem pressão o tempo todo. A responsabilidade é grande. Ainda não tínhamos vencido fora de casa e saímos aliviados e contente pela vitória", comentou o jogador, que ressaltou o fato de os jogadores não terem desistido da classificação após perderem para o Deportivo Táchira na Venezuela. Em nenhum momento, quando tivemos o resultado adverso contra o Táchira, a gente desacreditou da classificação. Hoje foi um passo muito grande que demos e vamos voltar aliviados para o Brasil."

Até encarar o Olimpia, o Inter vinha de insucessos como visitante. Além de perder por 2 a 1 para o Táchira, o Colorado levou 2 a 0 do Always Ready, da Bolívia, logo na estreia. Esse desempenho ruim interferiu na sequência da competição, pois o Inter entrou no jogo de hoje como vice-líder da chave e precisava de pelo menos um empate para seguir dependendo de seus esforços para obter a vaga no mata-mata.

"Era o jogo da nossa vida, era jogo-chave que precisava vencer. Não tinha vencido fora de casa na Libertadores, e hoje a gente conseguiu nosso objetivo. Tivemos controle do jogo do início ao fim. No segundo tempo, foi melhor, criou mais oportunidades. E foi um passo importantíssimo na classificação ao conseguir levar esses três pontos para o torcedor", concluiu Moisés.

Com o triunfo, o Inter chegou a nove pontos e lidera o Grupo B, tendo o Táchira com o mesmo número. Always Ready (BOL) e Olimpia somam seis pontos. Na última rodada, no dia 26, o Colorado joga no Beira-Rio contra o time boliviano, precisando de um empate para se classificar e de uma vitória para assegurar o primeiro lugar. Mesmo que perca, a chance de obter a vaga é grande, pois tem 10 gols a mais de saldo que o Always Ready e 12 a mais que o Olimpia.

Antes de decidir seu futuro na Libertadores, o Internacional terá um clássico pela frente. No próximo domingo, o Colorado encara o Grêmio, na Arena, pela segunda partida da final do Campeonato Gaúcho. Como perdeu por 2 a 1 na ida, precisa ganhar por dois gols de diferença para ser campeão. Se ganhar por um gol, a decisão vai para os pênaltis. O empate dá o título ao Grêmio.

Futebol