PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

"É complicado dizer se o Crespo acertou ou não ao poupar", diz Diego Garcia

Do UOL, em São Paulo

19/05/2021 12h23

O São Paulo poupou seus titulares pelo segundo jogo seguido na Libertadores e foi derrotado pelo Racing por 1 a 0 no Morumbi, quebrando uma longa escrita de não perder para equipes argentinas jogando em seu estádio na competição, além de ser ultrapassado pelo adversário na classificação, podendo ter de encarar um líder de grupo nas oitavas de final.

Em sua participação no programa UOL News Esporte, com Domitila Becker, o jornalista Diego Garcia, colunista do UOL, afirma que é difícil apontar se Crespo errou devido ao longo tempo sem títulos do São Paulo e a final do Campeonato Paulista ocorrendo já amanhã (20) diante do Palmeiras, mas que o efeito pode ser negativo em caso de perda do estadual.

"O futebol é muito resultado, é complicado dizer se ele [Crespo] acertou ou não, porque é assim, o São Paulo não é campeão há muito tempo, tem aí dois jogos muito difíceis com o Palmeiras, que para mim é favorito, tem mais time e está há muito tempo aí, muitos anos que vem com uma boa fase, chegando em finais, ganhando títulos, e ontem o São Paulo perdeu, é a segunda vez que joga com o time B na Libertadores, já tinha ido mal contra o Rentistas, e como perdeu, o Racing também jogou com o time reserva", afirma Garcia.

"Ficou em uma situação não complicada, porque ele está com a classificação meio encaminhada, mas o problema é que ele provavelmente vai ficar em segundo na chave. Deve confirmar a classificação contra o Sporting Cristal na última rodada, caso não confirme ainda hoje, dependendo do resultado da rodada do Sporting Cristal com o Rentistas, mas vai depender muito do que acontecer no Paulista. E se o São Paulo perder a final do Paulista? Aí perdeu a primeira posição da chave na Libertadores, ele vai pegar adversários mais difíceis na próxima fase", completa.

O jornalista cita que o time de Hernán Crespo tem a possibilidade de encarar adversários como Palmeiras e Flamengo nas oitavas de final ao ficar no segundo lugar de seu grupo e que a derrota tem efeito diferente comparada à do Palmeiras para o Defensa y Justicia, já que o time de Abel Ferreira entrou em campo com a liderança de sua chave assegurada.

"Ficando em segundo, ele vai ficar no pote mais fraco, então pode pegar o próprio Palmeiras, pode pegar o Flamengo, Atlético-MG nas oitavas de final, então ficou numa situação muito difícil aí. Se tivesse vencido, teria sido muito bom, mas como perdeu, se complicou, porque vai depender muito do resultado do Paulista e é contra o Palmeiras, é um dos arquirrivais de São Paulo, é um time que está muito bem, ontem perdeu, mas foi com o time reserva também, é outra situação do São Paulo, está muito mais confortável", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol