PUBLICIDADE
Topo

Carioca - 2021

Menon: "Sistema defensivo do Flamengo está muito ruim"

Do UOL, em São Paulo

17/05/2021 12h00

Classificação e Jogos

Flamengo e Fluminense empataram por 1 a 1 no jogo de ida da decisão do Campeonato Carioca, em partida disputada neste sábado (15) no Maracanã. Há algum favorito para levantar a taça no próximo sábado?

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte com os jornalistas Isabela Labate, Renato Maurício Prado, Rodrigo Mattos e Menon, os comentaristas discutiram sobre o primeiro jogo da decisão e se alguma das equipes pode se considerar à frente da outra na disputa pelo troféu.

Menon ressaltou que na época em que Ceni dirigia o Fortaleza a defesa era um dos pontos fortes da equipe. Hoje o treinador tem sido criticado pelo desempenho defensivo do Flamengo.

"O sistema defensivo do Flamengo está muito ruim. Mas o Rogério Ceni no Fortaleza funcionava muito bem. Era um time muito bem postado nos escanteios e na bola aérea. Por que está tão ruim no Flamengo se era algo tão bom no Fortaleza?", questionou.

Para Renato, o sistema defensivo do Flamengo é desorganizado. "A defesa é um caos. Todo jogo o Flamengo leva gol. É um problema sério, todo mal arrumado. O Flamengo não sabe se defender. Bola pelo alto é quase um pênalti. Está virando um time de índio. Continua favorito porque tem mais time do que o Fluminense, mas precisa resolver seu sistema defensivo", opinou.

Mattos discorda de Renato, que critica a escalação de Willian Arão na zaga e Diego como primeiro volante. "Não acho que seja um problema do Diego. Os outros jogadores do meio-campo não estão cumprindo seu papel. A marcação tem que começar ali na frente. Na bola parada é outra história. Eles não estão acertando treinamento", disse.

Mattos ainda opinou sobre como o Fluminense pode montar uma estratégia para complicar a vida do Flamengo na partida decisiva. "Acho que a melhor forma de enfrentar o Flamengo é marcar pressão, roubar a bola perto do gol, na intermediária ofensiva. Fred e Nenê não têm físico para correr e marcar saída de bola. Embora o Fred esteja em uma temporada boa, para enfrentar o Flamengo talvez fosse interessante ter um ataque mais intenso na marcação, que foi o que deu certo com Abel Hernández e Cazares", finalizou.