PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Flu engata sequência, "vira a chave" e busca provar valor na Libertadores

Roger Machado, técnico do Fluminense, conversa com o elenco durante treino - Lucas Merçon / Fluminense F.C.
Roger Machado, técnico do Fluminense, conversa com o elenco durante treino Imagem: Lucas Merçon / Fluminense F.C.

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

17/05/2021 04h00

De uma decisão para outra. Nem bem deixou o primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, o Fluminense já tem a missão de "virar a chave" para buscar a vaga nas oitavas da Libertadores, amanhã (18), contra o Junior Barranquilla, no Maracanã. A classificação antecipada se torna importante para o planejamento da comissão técnica em meio ao apertado calendário e colocaria o Tricolor em uma outra prateleira no torneio, uma vez que está de volta à competição após oito anos e caiu em um grupo considerado difícil.

O empate com o Flamengo no último sábado, pelo Estadual, inclusive, deixou algumas lições ao técnico Roger Machado, que ainda estuda a melhor estratégia para esta partida e pode fazer mudanças no time titular.

Em meio à conversa no vestiário e parabenizações pela atuação frente ao rival rubro-negro, o comandante fez elogios ao elenco. De fato, a equipe das Laranjeiras se mostra em uma escalada na temporada e não sabe o que é perder há 12 jogos — com sete vitórias e cinco empates. O último revés foi no fim de março, para o Volta Redonda, no Estadual.

A sequência se mostra mais positiva considerando que alguns nomes do atual grupo chegaram às vésperas da Libertadores — como o zagueiro David Braz, o meia Cazares e os atacantes Abel Hernández e Bobadilla —, pacotão anunciado em um momento em que a diretoria se encontrava pressionada pela torcida.

O treinador, porém, ainda busca ajustes na equipe, algo que vem fazendo aos poucos, desde quando assumiu o cargo, e demonstra intenção de ver uma outra postura.

"O que nos faltou foi tranquilidade para colocar a bola no chão. Nosso time tem uma característica de se entregar, como é a mística do clube, mas temos de colocar a bola no chão, jogar. Futebol se sobrepõe à dificuldade do jogo. Abrimos mão um pouquinho do jogo para brigar pela partida. Parabéns, está aberto. Agora, viramos, que na semana já tem Libertadores de novo. Parabéns àqueles que começaram e entraram do banco. É a prova de que estamos com um grupo forte, quem entra, entra bem e ajuda a superar adversidade. Sai todo mundo exausto", disse Roger ao elenco, em vídeo publicado pela FluTV.

Despedida

Michel Araújo e Fernando Pacheco em treinamento do Fluminense - Mailson Santana / Fluminense FC - Mailson Santana / Fluminense FC
Michel Araújo e Fernando Pacheco em treinamento do Fluminense
Imagem: Mailson Santana / Fluminense FC

O Fluminense se reapresentou ontem (16) e realizou atividades no CT Carlos Castilho. O treino marcou a despedida do meia uruguaio Michel Araújo, que está, desde abril, acertado com o Al Wasl, dos Emirados Árabes. A nova equipe do jogador é comandada por Odair Hellmann, ex-treinador tricolor.

Michel Araújo foi negociado por empréstimo, opção de compra fixada ao contrato. Ao todo, a negociação pode alcançar US$ 4 milhões (cerca de R$ 21 milhões), somando o valor estipulado no vínculo com o pagamento, no ato, pela cessão.

Fluminense