PUBLICIDADE
Topo

Francês - 2020/2021

Como um time de garotos está perto de tirar o título francês de Neymar

Jonathan David, 21 anos, e Jonathan Ikoné, 23, são dois dos destaques do líder Lille - Sylvain Lefevre/Getty Images
Jonathan David, 21 anos, e Jonathan Ikoné, 23, são dois dos destaques do líder Lille Imagem: Sylvain Lefevre/Getty Images

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

15/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

Se no início da temporada alguém dissesse que o Lille chegaria à penúltima rodada do Campeonato Francês como favorito ao título, três pontos à frente do poderoso Paris Saint-Germain, pouca gente acreditaria. Com um time composto em sua maioria por jogadores jovens e contratados por preços relativamente baixos, a equipe do norte do país tem conseguido superar até aqui o rival bilionário.

Para se ter uma ideia, o valor somado que o Lille gastou nas contratações dos 18 atletas mais utilizados nesta temporada (127 milhões de euros) não consegue nem chegar perto do dinheiro que o PSG pagou só pelos direitos federativos de Neymar (222 milhões) e Mbappé (180 milhões).

Além disso, só nas duas últimas janelas de transferências, o Lille levantou nada menos que 248,5 milhões de euros em vendas — quase o dobro do que gastou para montar o time. Os principais negócios foram as saídas dos atacantes Nicolas Pépé, para o Arsenal, em 2019, por 80 milhões de euros, e Victor Osimhen, para o Napoli, em 2020, por 70 milhões.

Já a contratação mais cara do time atual foi o atacante canadense Jonathan David, de 21 anos, uma das revelações do Francês, que custou 27 milhões de euros do Gent, da Bélgica. Em seguida, aparece o volante Renato Sanches, de 23 anos, que chegou do Bayern de Munique em 2019 por 20 milhões de euros.

O time do Lille, aliás, é composto quase todo por jogadores de até 25 anos, apesar de ter dois veteranos importantes entre os titulares: o zagueiro português e capitão José Fonte, de 37 anos, e o centroavante turco Burak Yilmaz, 35, artilheiro da equipe. Ambos chegaram em fim de contrato.

Outros jovens de destaque na temporada são o zagueiro holandês Botman, de 21 anos; o volante Soumaré, de 22 anos; o meia Ikoné, de 23; e o atacante Weah, de 21 — somados, eles custaram apenas 23 milhões de euros. Já o atacante brasileiro Luiz Araújo, contratado do São Paulo em 2017 por 10,5 milhões de euros, é peça importante do elenco. Com uma equipe que preza pela solidez (é a melhor defesa do campeonato) e com muita velocidade na hora de atacar, o Lille tem conseguido bater de frente com as superestrelas do PSG.

O Lille entra em campo neste domingo (16), às 16h, contra o Saint-Étienne, mesmo horário em que o PSG enfrenta o Reims. Já na última rodada, em 23 de maio, os líderes visitam o Angers, enquanto a equipe de Neymar pega o Brest. Se os dois times empatarem em número de pontos, o título deve ficar com o Paris, que tem saldo de gols bem superior (52 a 40).