PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

São Paulo: saída de Bruno Rodrigues do Paulistão foi decisão de Crespo

O atacante Bruno Rodrigues foi o primeiro reforço do São Paulo para a temporada de 2021 - Divulgação/São Paulo FC
O atacante Bruno Rodrigues foi o primeiro reforço do São Paulo para a temporada de 2021 Imagem: Divulgação/São Paulo FC

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

14/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

Bruno Rodrigues está sem espaço no São Paulo. Primeiro reforço da temporada, contratado ainda antes da chegada de Hernán Crespo ao Morumbi, o atacante foi retirado da lista de inscritos do clube para a fase de mata-mata do Campeonato Paulista por decisão da comissão técnica.

O departamento de futebol tinha a possibilidade de fazer quatro trocas na lista de 26 inscritos para o Estadual a partir das quartas de final. Sem espaço no time, Bruno Rodrigues foi retirado para a entrada de Paulinho Boia. Ainda deixaram na lista o goleiro Thiago Couto, o volante Tchê Tchê e o atacante Jonas Toró. Os dois últimos nem sequer estão no plantel neste momento. O lateral direito Orejuela, o volante William e o meio-campista Shaylon foram incluídos na relação.

A saída de Bruno Rodrigues foi uma decisão de Hernán Crespo e sua comissão. O comandante não deu uma justificativa detalhada, mas informou à cúpula são paulina que, neste momento, Preferia contar com Paulinho Boia como opção para o setor ofensivo - Boia quase foi emprestado no início da temporada, mas fez questão de permanecer e disputar espaço no elenco do São Paulo.

A decisão de Crespo foi apenas para a reta final do Estadual: treinador não descarta a possibilidade de aproveitar Bruno durante a temporada. O atleta de 24 anos se abateu com a decisão da comissão técnica de retirá-lo da lista de relacionados, mas não fez qualquer tipo de manifestação e não pretende se pronunciar sobre o caso.

Bruno Rodrigues foi utilizado em poucas oportunidades nesta temporada e não costuma aparecer em campo nem quando a comissão técnica decide utilizar apenas os reservas. Ele foi relacionado, mas não deixou o banco no empate por 1 a 1 com o Rentistas, do Uruguai.

O atacante soma 65 minutos em cinco partidas disputadas, sempre na condição de reserva. O maior tempo em campo foi na vitória por 2 a 0 sobre o Santo André, em 24 de abril passado. Na ocasião, Bruno Rodrigues ficou 19 minutos dentro das quatro linhas e pouco acrescentou.

O São Paulo enfrentará a Ferroviária, hoje (14), às 21h30 (de Brasília), no estádio Morumbi, sem Bruno Rodrigues dentre as opções da comissão técnica. O jogo é válido pelas quartas de final do Campeonato Paulista 2021.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO X FERROVIÁRIA
Motivo
: quartas de final do Paulista 2021
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 14 de maio de 2021 (sexta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Salim Fende Chavez
Assistentes: Neuza Ines Back e Daniel Paulo Ziolli
Quarto árbitro: Thiago Duarte Peixoto
VAR: José Cláudio Rocha Filho

São Paulo: Tiago Volpi; Arboleda, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Luan, Liziero, Martín Benítez e Reinaldo; Gabriel Sara (Galeano) e Pablo. Técnico: Hernán Crespo.

Ferroviária: Saulo; David Pastor, Gustavo Medina, Xandão e Igor Fernandes; Yuri, Anderson Rosa e Fellipe Mateus (Renato Cajá); Hygor, Rogério e Bruno Menzega. Técnico: Elano Blumer.

São Paulo