PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Mancini lamenta queda e cita semi do Paulistão: 'Espero que não abale'

Mancini durante partida do Corinthians no estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu - Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians
Mancini durante partida do Corinthians no estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu Imagem: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

14/05/2021 00h13

Classificação e Jogos

Goleado nesta noite pelo Peñarol, por 4 a 0, o técnico Vagner Mancini reconheceu a superioridade do adversário e falou em dividir as responsabilidades pela derrota no Uruguai. Eliminado da Copa Sul-Americana, o Corinthians agora aposta todas as fichas no Campeonato Paulista. Para o treinador do Timão fica o desejo que o revés no Uruguai não abale o elenco para a decisão no estadual.

"Espero que não abale em nada. É uma noite longa, a volta ao Brasil vai ser de extrema dor, mas que essa derrota sirva para nos alavancar e disputar uma semifinal tão importante para gente de outra maneira, que [a equipe] faça muito mais do que fez hoje na partida contra o Peñarol", declarou o comandante do Timão já falando sobre a semifinal de domingo no Campeonato Paulista.

Fora de casa, o Corinthians mediu forças com o Peñarol e praticamente não viu a cor da bola no estádio Campeón del Siglo. Como pelo regulamento da Sul-Americana apenas o campeão do grupo avança para a fase mata-mata, o clube do Parque São Jorge acabou eliminado do torneio com duas rodadas ainda para disputar, o que gerou irritação na torcida.

"Lamentável a gente chegar em uma situação dessa, mas com tudo o que aconteceu ao longo do ano temos que levantar a cabeça e pensar na semifinal de domingo. Isso dói, o torcedor está chateado com razão. Tínhamos esperanças na competição, é óbvio que ficamos abaixo daquilo que poderia ser mostrado, mas temos uma dificuldade de calendário que atrapalhou", argumentou Mancini, relembrando que o Corinthians vem fazendo um rodízio na equipe há mais de um mês.

A delegação do Alvinegro retorna ao Brasil ainda hoje (14) e pela manhã treina no CT Joaquim Grava. No domingo, ainda sem horário e adversário definidos, o Timão entra em campo pela semifinal do Campeonato Paulista. O confronto será em jogo único e o clube do Parque São Jorge tem a vantagem de jogar na Neo Química Arena.

Confira outros trechos da entrevista coletiva de Vagner Mancini:

De quem é a responsabilidade pela queda na Copa Sul-Americana?

"Um pouco de cada. Temos que saber que enfrentamos uma equipe que foi muito bem na partida, mas que teve espaços para isso. Acabamos tomando um gol muito cedo, o segundo logo em seguida. O que já seria difícil se tornou mais difícil ainda. Por mais que tenhamos feito ajustes, foi uma equipe muito distante daquela que todos nós sabemos que é a ideal".

Sobre o desempenho no Uruguai

"Foi um ponto fora da curva. Tivemos dificuldades na partida, não fizemos um bom jogo. Temos que dar méritos ao Peñarol. O Corinthians de hoje não está sendo o mesmo do Campeonato Paulista, essa derrota eu classifico como acidente de percurso. Temos que mostrar que temos muito mais a dar, encurtar os espaços e jogar mais equilibrado para que possam confiar nessa equipe".

Sobre esquema tático

"O esquema adotado hoje foi um esquema com três zagueiros. O Xavier foi fazer isso. Acontece que o Peñarol fez o gol cedo e o Xavier precisou sair para marcar, mas o esquema foi o mesmo".

Sobre falhas individuais

"Não posso localizar algum setor do campo, seria injusto da minha parte. Temos que olhar que o principal jogador da partida foi o Facundo Torres, que estava jogando daquele lado. Temos que olhar de maneira coletiva, de forma alguma faria isso com algum jogador. Minha análise é objetiva. A equipe entrou com um sistema de três zagueiros, não conseguiu implementar na partida, mas também em função do lado direito do Peñarol que é forte. Infelizmente, tomamos um gol muito cedo e isso acabou sendo agravado".

Corinthians