PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Victor Luís vê jogo contra Del Valle como um dos 'mais difíceis da vida'

Victor Luis volta a treinar no Palmeiras depois de retornar do Botafogo - Fabio Menotti/Palmeiras
Victor Luis volta a treinar no Palmeiras depois de retornar do Botafogo Imagem: Fabio Menotti/Palmeiras

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/05/2021 15h37

Classificação e Jogos

Lateral esquerdo titular na vitória do Palmeiras por 1 a 0 sobre o Independiente Del Valle (EQU), na última terça-feira (11), em Quito, pela Copa Libertadores da América, Victor Luís disse que este foi um dos jogos mais difíceis de toda a sua carreira como atleta.

O jogador do Palmeiras destacou a dificuldade de respirar, e a velocidade e mudança de trajetória da bola como fatores que dificultaram a partida para o time paulista, que venceu com gol de pênalti de Raphael Veiga.

"Foi um jogo muito complicado contra o Independiente Del Valle. Falei para o meu pai que foi um dos jogos mais difíceis da minha carreira, talvez o mais difícil, pela dificuldade de respirar. A expressão de cansaço de todos os jogadores ficou nítida", disse o jogador em entrevista à Band News FM.

'Era um ambiente hostil. É muito complicada a falta de ar, a velocidade da bola muda muito, a trajetória. Mas, como jogadores, temos que estar preparados para estas situações. Voltar de um jogo tão difícil com três pontos é muito gratificante", continuou.

Revelações das categorias de base

'Veterano' das categorias de base do Palmeiras, Victor Luís foi promovido ao time principal em 2013 e fala com alegria dos jovens do time. O lateral esquerdo entende que o time tem tantos atletas com pouca idade no elenco principal por conta de um trabalho específico para melhorar o desenvolvimento de jogadores.

"É outra época [da base do Palmeiras]. Eu peguei desde quando não tinha nada até hoje, que tem um centro de excelência surreal, que oferece tudo. Aparecer tantos jovens de qualidade, que vão trazer retorno para o clube é fruto do trabalho do clube. São jogadores muito jovens e com muita responsabilidade. É legal ver que eles estão ganhando espaço. Antigamente era mais difícil. Hoje a base e o profissional estão mais próximos", completou.

Palmeiras