PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Perfeito em mata-mata em 2020, Palmeiras tenta evitar 3ª decepção seguida

Jogadores do Palmeiras durante a disputa de pênaltis da final da Recopa Sul-Americana, contra o Defensa y Justicia - Getty Images
Jogadores do Palmeiras durante a disputa de pênaltis da final da Recopa Sul-Americana, contra o Defensa y Justicia Imagem: Getty Images

Guilherme Amaro

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Palmeiras enfrenta o Red Bull Bragantino nesta sexta-feira (14), pelas quartas de final do Campeonato Paulista, e tenta evitar a terceira decepção seguida em mata-mata. Após o desempenho perfeito no ano passado, que culminou nos títulos do Paulistão, da Copa Libertadores da América e da Copa do Brasil, o Verdão vem de derrotas na Recopa Sul-Americana e Supercopa.

Como a pandemia de coronavírus fez a temporada passada terminar apenas em 2021, o Palmeiras acumulou sequência de jogos decisivos em janeiro e fevereiro. O Verdão conquistou a Libertadores, fracassou no Mundial de Clubes, mas voltou a mostrar sua força em mata-mata ao bater o Grêmio e levantar a Copa do Brasil.

Depois disso, porém, foram duas decepções seguidas em apenas uma semana: deixou escapar a Supercopa e a Recopa Sul-Americana, ambas nos pênaltis. No torneio nacional, empatou por 2 a 2 com o Flamengo no tempo normal e perdeu por 6 a 5 nas cobranças. Já a taça continental foi disputada em duelo de ida e volta: o Verdão venceu o Defensa y Justicia na Argentina, mas perdeu no Mané Garrincha pelo mesmo placar e levou a pior nos pênaltis, com derrota por 4 a 3.

Apesar da tríplice coroa, parte da torcida do Palmeiras pressionou o técnico Abel Ferreira e o elenco após a sequência negativa deste ano. Houve pichação no muro do Allianz Parque com a mensagem "acorda, Abel, bem-vindo, 2021". Para o duelo decisivo com o Red Bull Bragantino nesta sexta-feira, não há qualquer tipo de pressão de torcedores, já que o Verdão deixou claro que o campeonato estadual deste ano estava em segundo plano e se garantiu nas oitavas de final da Libertadores com duas rodadas de antecedência, com 100% de aproveitamento.

A tendência é de que Abel Ferreira novamente escale uma equipe alternativa em Bragança Paulista, mesmo sendo jogo único valendo vaga na semifinal. O time vem de vitória por 1 a 0 sobre o Independiente del Valle na última terça, em confronto desgastante na altitude de Quito, no Equador, a 2.850 metros acima do mar. O elenco voltou para o Brasil na madrugada de ontem e os titulares realizaram trabalhos regenerativos na chegada à Academia de Futebol.

O duelo do Palmeiras com o Red Bull Bragantino será nesta sexta-feira, às 19h15, em Bragança Paulista. Se avançar, o Verdão jogará no domingo pela semifinal do Campeonato Paulista, contra São Paulo, Corinthians ou Ferroviária.

De Luxa a Abel, Palmeiras teve 2020 perfeito em mata-mata

O Palmeiras conquistou o Campeonato Paulista de 2020 em agosto, ainda sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo, que seria demitido dois meses depois. A equipe venceu o Santo André por 2 a 0 nas quartas de final e a Ponte Preta por 1 a 0 na semifinal. Na decisão contra o Corinthians, empatou sem gols na ida e por 1 a 1 na volta e garantiu o título nos pênaltis, por 4 a 3.

Na Copa do Brasil, já com Abel Ferreira, o desempenho foi ainda melhor: conquistou o título de forma invicta no mata-mata com jogos de ida e volta. Passou por Red Bull Bragantino, Ceará e América-MG até chegar à final diante do Grêmio.

No mata-mata da Libertadores, o Palmeiras passou por Delfín-EQU e Libertad-PAR também de forma invicta em 2020. Na semifinal, já em 2021, teve a única derrota na competição, por 2 a 0 para o River Plate, mas havia vencido o duelo de ida por 3 a 0 na Argentina. Na decisão, bateu o Santos por 1 a 0 e sagrou-se bicampeão.

Palmeiras