PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Árbitro do Nordestão é afastado acusado de interferir em jogo do Alagoano

Árbitro apitou partida entre CRB e Aliança pelo Campeonato Alagoano - Reprodução/FAF TV
Árbitro apitou partida entre CRB e Aliança pelo Campeonato Alagoano Imagem: Reprodução/FAF TV

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

13/05/2021 16h50

Classificação e Jogos

O árbitro Francisco Carlos Nascimento, que apitou a partida entre Ceará e Altos pela terceira rodada da Copa do Nordeste, foi afastado de suas funções nesta quinta-feira (13) por 30 dias. A decisão é da Comissão de Arbitragem da Federação Alagoana de Futebol diante da interferência no resultado da partida entre CRB e Aliança, no último domingo, pela semifinal do Estadual.

Em 2018, o Ministério Público da Paraíba já havia denunciado o árbitro de manipular resultados no Paraibano, mas a acusação foi arquivada em 2020.

De acordo com as análises, no Campeonato Alagoano, Chicão, como é conhecido, interferiu ao marcar um pênalti em favor do Clube Regatas Brasil (CRB), no primeiro tempo, quando o clube estava perdendo por 1 a 0. Na conclusão de analistas estaduais de arbitragem, não houve falta dentro da área.

As avaliações foram realizadas in loco, no estádio da Universidade Federal de Alagoas, por meio do aplicativo IAFUT, que mede o desempenho de árbitros, e revisadas por meio das imagens transmitidas ao vivo pela Federação Alagoana de Futebol.

Na partida o árbitro obteve nota 6.6, inferior a 7,0, o mínimo exigido aos árbitros e assistentes. Quem não alcança a nota mínima, como é o caso de Francisco Carlos, é afastado para aprimoramento técnico por período determinado pela CA-FAF. Dessa forma, ele está fora do sorteio que definirá os árbitros para as finais do Alagoano, marcadas para os dias 15 e 22 de maio.

O UOL Esporte tentou contato com o árbitro, mas até o fechamento desta reportagem, Chicão não retornou às ligações. O espaço está aberto para futuro posicionamento.

Futebol