PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Arana lamenta caos na Colômbia, mas vibra com mais um gol pelo Atlético-MG

Lateral Guilherme Arana tenta roubar bola de adversário em jogo do Atlético contra America de Cali pela Libertadores - Ricardo Maldonado-Pool/Getty Images
Lateral Guilherme Arana tenta roubar bola de adversário em jogo do Atlético contra America de Cali pela Libertadores Imagem: Ricardo Maldonado-Pool/Getty Images

Henrique André

Do UOL, em Belo Horizonte

13/05/2021 23h44

O clima hostil fora do estádio Romelio Martínez, em Barranquilla, marcou a noite da Libertadores e prejudicou demais o andamento da partida em que o Atlético-MG venceu o América de Cali, da Colômbia, por 3 a 1. O embate entre manifestantes e a polícia local, num momento em que o país parou para protestar contra o governo, refletiu também dentro das quatro linhas.

Na saída de campo, o lateral esquerdo Guilherme Arana, autor de um dos três gols do Galo na partida, comentou a situação e lamentou o momento vivido em solo colombiano. Além disso, comemorou o nono tento marcado pelo clube.

"Foi uma partida muito difícil por conta da situação que a Colômbia está passando. Ficamos muito tristes com isso. Viemos com o propósito de jogar futebol e sabíamos das dificuldades. O mais importante foi a vitória e classificação", destacou o camisa 13, destacando que o triunfo classificou o Atlético-MG às oitavas de final, com duas rodadas de antecedência.

"Estou muito feliz com o gol. Quando cheguei aqui, falei que minha característica era atacar bastante e isso vem dando resultado", acrescentou em entrevista ao Fox Sports.

No domingo (16), o time mineiro volta a campo, mas pelo Estadual. No primeiro confronto do Estadual, marcado para às 16h30, na Arena Independência, Cuca e seus comandados terão pela frente o América-MG de Lisca. Na quarta (19), será a vez de voltar à Libertadores, quando encara o Cerro Porteño, no Paraguai.

Atlético-MG