PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Dupla de centroavantes falha em teste e tem futuro ameaçado no Inter

Thiago Galhardo e Yuri Alberto não devem seguir juntos no ataque do Inter - Ricardo Duarte/Inter
Thiago Galhardo e Yuri Alberto não devem seguir juntos no ataque do Inter Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

12/05/2021 15h03

Classificação e Jogos

A esperada dupla de centroavantes do Inter esteve em campo. Yuri Alberto e Thiago Galhardo começaram juntos na partida de ontem (11), contra o Deportivo Táchira. Mas o rendimento não foi exatamente o que a torcida esperava e o futuro já se vê ameaçado.

Para ter Yuri e Galhardo juntos, Miguel Ángel Ramírez deslocou o ex-santista para o lado esquerdo. Ele já atuou pelos dois flancos, além de centralizado, onde é sua posição de origem, no Colorado.

Segundo estatísticas do Sofascore, Yuri foi o terceiro pior no ranking estatístico entre os jogadores do Inter que começaram a partida (na frente de Zé Gabriel e Marcelo Lomba). Perdeu posse 11 vezes, acertou apenas 62% dos passes. Perdeu duas grandes chances de gol e errou o alvo em duas de três conclusões. Foram 35 toques na bola, ao todo.

Ainda de acordo com números do mesmo site, Galhardo, autor do gol do Inter, de pênalti, não teve queda em seu rendimento. Talvez por atuar em espaço de campo que conhece melhor, o artilheiro do time na temporada tentou três conclusões, com uma no gol, uma para fora e outra bloqueada. Venceu todos os duelos por cima que disputou, criou uma grande chance de gol, deu 30 toques na bola e acertou 63% dos passes. Ele foi o melhor jogador do Colorado no ranking estabelecido por eles.

"Nós dois temos a característica de camisa nove. Ele consegue fazer bem pelos lados, é de extrema qualidade, explosão, força, finaliza com as duas pernas. É um jogador jovem que tem muito a crescer e que certamente vai jogar em grandes clubes da Europa. Ele nos ajuda muito aqui", disse Galhardo sobre Yuri.

Foi a primeira vez que eles começaram juntos sob comando de Miguel Ángel Ramírez. A opção se deu, também, pelas ausências de Palacios e Patrick, ambos lesionados. Mas Caio Vidal e Mauricio poderiam ser utilizados por ali.

Em suas manifestações sobre o tema, o treinador espanhol havia citado que Yuri costuma entrar na área, modificando um pouco a movimentação do setor ofensivo. Fato comprovado durante o duelo do estádio Pueblo Nuevo. Ele teve quase igual participação pelo lado ou por dentro.

O gol de Galhardo foi originado em um lance sem a interferência deles na construção. O pênalti foi marcado em razão de um puxão de um zagueiro em Cuesta após uma cobrança de escanteio.

Para o clássico Gre-Nal de domingo, a dúvida deve persistir ao longo da semana. Patrick ainda não volta, mas Palacios pode retomar uma das vagas no setor. Mauricio, Marcos Guilherme e Caio Vidal disputam com Yuri o lugar no lado oposto. Galhardo é titular da equipe normalmente. Pelo rendimento em campo, é provável que Yuri e Galhardo não comecem ao mesmo tempo contra o Grêmio.

"Temos grandes jogadores e, independente de quem jogue em qual posição, vamos sempre querer ajudar o Inter. Aqui não tem o 'eu', mas o 'nós'. Mostramos isso em campo, independente de quem jogue", completou Galhardo.

O Gre-Nal do próximo domingo (16) abre a disputa pelo título do Gauchão. O jogo será disputado às 16h (de Brasília), no Beira-Rio.

Internacional