PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Ceni lamenta erros, mas enaltece "poder de reação" do Flamengo em empate

Rogério Ceni, técnico do Flamengo, durante duelo com o La Calera, do Chile, pela Libertadores - Alexandre Vidal / Flamengo
Rogério Ceni, técnico do Flamengo, durante duelo com o La Calera, do Chile, pela Libertadores Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro RJ)

12/05/2021 00h29

O técnico Rogério Ceni admitiu que, no empate com o La Calera, na noite de hoje (11), pela Libertadores, o Flamengo cometeu "erros que poderiam ser evitados", mas ressaltou o poder de reação da equipe, que conseguiu igualar o placar após estar perdendo por 2 a 0.

Questionado sobre as falhas defensivas do time rubro-negro, o comandante apontou que o elenco tem de estar mais concentrado, porém, indicou que equívoco individual "faz parte do futebol". No lance do primeiro gol do La Calera, Bruno Viana errou ao tentar afastar a bola. Já no segundo gol, a defesa não fez o corte após bola alçada na área e ela desviou em Arão antes de entrar.

"A concentração tem de partir desde o começo da partida. Hoje cometemos alguns erros que poderiam ter sido evitados, mas temos de destacar o poder de reação da equipe. Sair de um 0 a 2 para buscar empate, e tentar a todo custo a vitória até o final, é tão importante quanto também trabalhar esta concentração mental. Um gol foi contra e o primeiro foi em uma bola que poderíamos sair jogando tranquilamente, tivemos mais de uma oportunidade para isso. É um momento para estar ligado no jogo. Gramado um pouco diferente, temos de estar bastante ligado nisso", disse.

"Temos de melhorar isso [erros individuais], ganhar cada vez mais confiança. O erro individual faz parte do futebol, é do coletivo. Não estou aqui para condenar, estou aqui para tentar consertar, corrigir, melhorar. Isso que precisamos fazer. Só não podemos facilitar para o adversário. Nosso time sofre poucas finalizações, mas não temos de ceder oportunidades ao adversário", completou.

Para Ceni, o saldo do jogo é que o Flamengo se mostrou predisposto e buscou a conquista dos três pontos a todo momento, mas esbarrou em alguns erros que devem ser corrigidos para a próxima rodada.

"O saldo, infelizmente, é do do ponto que leva. 'Infelizmente' porque viemos aqui em busca dos três pontos. Jogamos, desde o começo, para vencer, com intenção de atacar o tempo todo. Mesmo após o 2 a 2, o time se predispôs a jogar ofensivamente, sufocamos o adversário, e não vencemos. O saldo é que precisamos corrigir detalhes defensivos e também ter um pouco mais de concentração para não cometer erros bobos. Ofensivamente, nosso time é um time que está sempre buscando o gol", apontou.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL Flamengo, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Amazon Music e YouTube.

Flamengo