PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras abraça novo lema e chega ao mata-mata do Paulistão para incomodar

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

Agora que deixou chegar, vai brigar. É assim que o Palmeiras encara a classificação para a fase mata-mata do Paulistão. Mesmo depois de disputar o torneio com um time alternativo, o Verdão avançou e se coloca naturalmente como candidato ao título e a receber o prêmio de R$ 5 milhões.

Muito da vaga para as quartas-de-final se deve a quanto o elenco incorporou a nova mentalidade de Abel Ferreira de estar "contra tudo e contra todos". Foram três vitórias nas últimas rodadas, contra o Santo André (1 a 0), Santos (3 a 2) e Ponte Preta (3 a 0), mesmo com a maratona de jogos do calendário e pouco entrosamento do time —com a presença de um novo jogador da base a cada confronto.

Outra prova disso é que jogadores que estavam, até então, como suplentes voltaram a se destacar e se tornaram decisivos. Assim aconteceu com o atacante Willian e também com o meio-campista Gustavo Scarpa - que mesmo atuando fora de sua posição de origem, agradou.

foto-palmeiras - Cesar Greco/Palmeiras - Cesar Greco/Palmeiras
Jogadores do Palmeiras comemoram gol de Gustavo Scarpa, diante da Ponte Preta
Imagem: Cesar Greco/Palmeiras

Como adiantou o auxiliar técnico João Martins, após a vitória contra a Macaca, o Palmeiras seguirá com o planejamento inicial e deve mandar a campo contra o Red Bull Bragantino a sua equipe alternativa, já que possui o duelo contra o Independiente Del Valle-EQU, na terça (11), em Quito, pela Libertadores.

Para além de ter encontrado uma solução viável para o Palmeiras para se manter vivo nas competições em que disputa, Abel Ferreira também tem se fortalecido após receber críticas pela estratégia utilizado no Paulistão e, sobretudo, por não ter conquistado os títulos da Recopa, contra o Defensa y Justicia-ARG, da Supercopa do Brasil, contra o Flamengo.

O plano deu tão certo até aqui que o comandante português também está conseguindo recuperar o nível de desgaste de seus atletas mais importantes, como o próprio Weverton, Rony e Luiz Adriano, e revelar jogadores que servirão como opções também para outras disputas que ainda iniciarão, como são os casos de Fabinho, Michel, Giovani e Garcia.

Nesse sentido, o planejamento também deu tempo suficiente para Lucas Lima se recuperar de uma lesão na coxa direita e voltar ao time nas decisões. Ele entrou no segundo tempo contra a Ponte, ontem (9), e é mais uma opção para o treinador.

O próximo compromisso é um reencontro com o Independiente del Valle-EQU, fora de casa, pela quarta rodada da Libertadores. O atual campeão lidera o Grupo A com folga. Depois, a missão é passar pelo Red Bull Bragantino. É jogo único, sem margem para erro.

Futebol