PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Como chegam Bahia e Ceará para a final do Nordestão

Vina e Rodriguinho em disputa aérea durante Bahia e Ceará - Jhony Pinho/AGIF
Vina e Rodriguinho em disputa aérea durante Bahia e Ceará Imagem: Jhony Pinho/AGIF

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

08/05/2021 12h40

Classificação e Jogos

A finalíssima da Copa do Nordeste, entre Ceará e Bahia, será decidida neste sábado (8), na Arena Castelão, às 16h. O primeiro jogo foi vencido pelo Vozão, pelo placar de 1 a 0, em cobrança de falta de Jael no fim do segundo tempo. Hoje, os dois melhores ataques da competição entram em campo em momentos diferentes.

Com a vantagem no placar e melhor defesa da competição (somente três gols sofridos), o Ceará jogará com força total. No meio de semana, Guto Ferreira entrou com reservas na partida da Sul-Americana e conquistou um empate fora de casa.

O time ainda teve que entrar em campo pelo Campeonato Cearense e venceu o Crato por 1 a 0. Além do jogo deste sábado, um time alternativo defenderá a camisa do Vozão no domingo (9), contra o Caucaia.

Na Copa do Nordeste, o Ceará não sabe o que é perder desde a edição do ano passado, quando foi campeão invicto. Durante a fase de grupos, foram quatro vitórias e quatro empates. Depois, só vitórias, contra CRB, Vitória e a primeira partida contra o Bahia.

Caso seja campeão, o Ceará conquistará o terceiro título regional - os três de forma invicta. Vencer também significa que Guto Ferreira será o maior campeão regional, com dois títulos pelo Vozão e um pelo Bahia.

Pelo lado do Bahia, houve maior oscilação. Embora tenha conquistado o maior ataque com três goleadas, o time sofreu quatro derrotas nos 11 jogos disputados pelo Nordestão. Nesse período, somam-se cinco vitórias e dois empates —um contra o Fortaleza, em que o tricolor baiano conquistou a vaga nos pênaltis.

Em campo, o time tem o artilheiro desta edição do regional: Gilberto, com sete gols. O atacante, porém, passou em branco nos últimos quatro jogos do Bahia (dois pelo Nordestão e dois pela Sula) e perdeu um pênalti no meio de semana, contra o Independiente (ARG), pela Sul-Americana.

Além disso, o time também tem três desfalques importantes. Luiz Otávio foi expulso no primeiro jogo, enquanto Nino Paraíba e Patrick de Lucca receberam o terceiro cartão amarelo e também estão fora. O Ceará também tem uma suspensão, já que Charles também levou o vermelho no primeiro jogo.

Futebol