PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Copa do Nordeste: Ceará e Bahia disputam título, fortuna e "atalho" em 2022

Taça da Copa do Nordeste disputada por Ceará e Bahia neste ano - Divulgação CBF
Taça da Copa do Nordeste disputada por Ceará e Bahia neste ano Imagem: Divulgação CBF

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

08/05/2021 10h18

Classificação e Jogos

Ceará e Bahia entram em campo às 16h (de Brasília) de hoje (8) pelo segundo jogo da final da Copa do Nordeste, na Arena Castelão, em Fortaleza. Além do posto de campeão nordestino, os times disputam também uma bolada de R$ 3,56 milhões em premiação e um início com vantagem na Copa do Brasil do ano que vem.

O valor de R$ 3,56 milhões é a soma da premiação do título com as fases avançadas durante o Nordestão. O prêmio pela conquista da final em si é de R$ 1 milhão, além de uma vaga direta na terceira fase da Copa do Brasil de 2022.

Enquanto o Vozão busca seu tricampeonato, o Bahia vai em busca do tetra e assim igualar o número de conquistas do seu maior rival estadual, o Vitória, maior campeão da Copa do Nordeste.

O título ainda garante mais R$ 1,7 milhão no ano seguinte, este valor referente ao "atalho" para a terceira fase da Copa do Brasil, portanto sem precisar jogar as duas primeiras rodadas do mata-mata. Sendo assim, só a final já vale R$ 2,7 milhões.

Um exemplo deste ano é o próprio Ceará, campeão do ano passado, que vai estrear na terceira fase da Copa do Brasil deste ano diante do Fortaleza, já com o valor de R$ 1,7 milhão garantido na conta do clube.

Como Ceará e Bahia pertencem ao mesmo subgrupo da primeira fase, o campeão terá faturado em todo o torneio regional o valor de R$ 3,56 milhões, enquanto o vice alcançará R$ 3,06 milhões e não garante sua vaga na terceira fase da Copa do Brasil.

Para a partida de hoje, o Ceará chega com vantagem, já que na primeira partida, disputada no Estádio Pituaçu, o Vozão conquistou a vitória por 1 a 0 com um gol de Jael no fim do segundo tempo. O confronto também coloca os dois melhores ataques da competição frente a frente, ambos com 20 gols. O Ceará tem ainda a melhor defesa: foram só três gols sofridos até aqui.

Futebol